in ,

Estalagem de Santa Iria deixou de ter videovigilância e começou o vandalismo

Foi desmontado o sistema de videovigilância que estava instalado na estalagem de Santa Iria em Tomar e com isso começaram os atos de vandalismo nesta unidade hoteleira que está encerrada há dois anos.

No início do mês foram quebrados alguns vidros nas traseiras do edifício. Os intrusos lançaram alguns extintores para o rio e outros foram despejados no interior da estalagem. O alerta foi dado por alguém que passava e viu fumo a sair das instalações supondo que se tratava de um incêndio. Bombeiros e PSP estiveram no local mas ninguém foi detido. Entretanto em frente à estalagem apareceram junto a uma papeleira alguns utensílios de cozinha. Mais ao lado estão pedaços de lajes.

O processo de arrendamento da estalagem arrasta-se há dois anos sem que se vislumbre  o início das obras necessárias para que a unidade hoteleira volte a funcionar.

Estalagem de Santa Iria fechada há mais de um ano

 

 

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Parece que será boa ideia os futuros donos seguirem o exemplo da Ourivesaria Matos, em Ponte de Lima, eles por lá é alarme, vídeo-vigilância, portas de alta-segurança, vidros de alta-segurança anti-bala e ainda estores de segurança. Talvez acrescentar uma película anti-vandalismo pelo sim, pelo não (para remover eventuais obras de arte de mau gosto dos vidros).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Coro infantil em concerto no IPT

Constância: trabalhador que morreu ao cair do carro do lixo vai a sepultar