in ,

Concurso da churrasqueira do mercado ficou deserto

Antiga churrasqueira Mendes

Ninguém concorreu à hasta pública lançada pela câmara para construção e exploração de estabelecimento de restauração e bebidas no mercado municipal de Tomar (antiga churrasqueira).

Os candidatos tinham de apresentar um projeto para o local, construí-lo e explorar o negócio durante 25 anos, que era o prazo da concessão.

O caderno de encargos definia como valor mínimo de investimento 150 mil euros e o valor base da renda era de 150 euros por mês, havendo um período de carência de cinco anos.

Segundo explicou a presidente da câmara na reunião desta segunda feira, dia 18, os eventuais interessados consideraram que o prazo de concessão era curto para conseguirem recuperar o investimento.

A câmara vai rever o caderno de encargos e lançar novo concurso.

 

 

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Curso de defesa pessoal em Torres Novas

Santa Maria do matagal