DestaqueSociedade

Zona industrial: empresário substitui-se à câmara na limpeza de terrenos

Na zona industrial de Tomar, a câmara mandou limpar os terrenos que estão cheios de mato, mas apenas foi limpa uma faixa aproximada de dois metros junto aos passeios.

Ou seja, nos lotes que estão vazios, o mato continua a crescer de forma descontrolada constituindo um perigo para as empresas que estão ali instaladas.

Perante este problema, o empresário Alberto Miranda, proprietário da Agrotemplário, meteu mãos à obra e mandou limpar o terreno na zona envolvente à sua empresa na zona industrial de Tomar.

Agora, com ironia, o empresário pergunta: “Será que posso enviar a factura ao município?”


 

Proponha uma correção, sugira uma pista: 

Envie fotos e vídeos para ou por aqui

Gostou de ler este artigo? Então, partilhe e apoie-nos nesta missão de informar!

3 comentários

  1. Não é zona industrial, é Parque Empresarial.
    Tomar na Rede teima em não aceitar a nomenclatura da câmara socialista, e só vê mato onde há flores, atraso onde há progresso, declínio onde há desenvolvimento.
    Assim, com comunicação retrógrada, não vamos lá.
    Nem lá, nem a lado nenhum.
    Porque não noticiamos as famílias que vão chegar para o novo parque habitacional?
    Porque não noticiamos os próximos ministros que vêm a Tomar anunciar milhões e sonhar obras?
    Assim, não vamos lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo