DestaqueSociedade

Voluntários limpam lixo na praia fluvial de Alverangel, mas…

Perante a passividade da câmara de Tomar, um grupo de voluntários recolheu, no dia 14, o lixo acumulado na praia fluvial de Alverangel, na freguesia de S. Pedro, margem da albufeira de Castelo do Bode.

A câmara argumenta de que se trata de um terreno privado para justificar a falta de recolha e, ano a ano, mês a mês, o problema repete-se e arrasta-se.

João Barata Veras, morador na freguesia, farto de ser confrontado com o problema, lançou o apelo para quem quisesse participar na ação voluntária de limpeza no dia 14. Surgiram seis “corajosos” que recolheram dezenas de quilos de lixo transportado na carrinha de João.

O problema é que, dois dias depois, surgiu mais um monte de lixo no mesmo local, o que provocou revolta e desânimo nos voluntários.

Enquanto isso, a juntar à falta de civismo, a câmara vai lavando as mãos a um problema de saúde pública.


2 comentários

  1. O chamado lixo não nasceu no local. Por isso a verdadeira lixeira está na cabeça de quem não tem respeito pelos cidadãos que chegam depois. Se a câmara não está disposta a gastar dinheiro dos contribuintes com selvagens em locais de ocupação de tempos livres, talvez tenha razão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.