in ,

Terrorista da Nova Zelândia visitou Tomar

PJ investiga ligação à ordem dos Templários

O homem australiano que matou 50 pessoas em duas mesquitas na Nova Zelândia passou por Tomar como turista e visitou o Convento de Cristo.

Segundo escreve o DN, Brenton Tarrant esteve de férias em Portugal – no norte do país – e visitou Tomar. Acrescenta o jornal que “as autoridades acreditam que o motivo da visita se prendeu com o Convento de Cristo e a sua ligação à ordem dos Templários”.

“A sua visita ao Convento de Cristo pode estar ligada aos seus ideais de supremacia branca: o monumento português está relacionado com a Ordem dos Templários – o “exército de Cristo” responsável por expulsar os muçulmanos da Europa”, lê-se na notícia do DN.

PJ investiga visita do autor dos ataques na Nova Zelândia ao Convento de Cristo, em Tomar

PJ investiga visita do autor dos ataques na Nova Zelândia ao Convento de Cristo, em Tomar

Terrorista que matou imigrantes nas mesquitas visitou Tomar

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Jornal “Cidade de Tomar” completa 84 anos

Meia Via (T. Novas): morreu em despiste de mota contra poste