in ,

Para o GUIDE DU ROUTARD, em Portugal o monumento apaixonante é o Convento de Cristo

Opinião de António Rebelo

convento de cristo charola 55897 scaled

O blogue francês Guide du Routard, o guia turístico mais vendido em língua francesa, tanto em suporte papel como online, publicou um interessante trabalho que pode ler aqui

Intitulado “Património mundial da UNESCO – As nossas 80 paixões à volta do mundo”, o roteiro indica uma selecção de monumentos e parques naturais à volta do Mundo, cada um ilustrado com uma magnífica foto e uma curta descrição. Mesmo que não consiga ler francês, vale a pena admirar as fotos. Para ficar com uma ideia mais documentada do que vale a pena visitar por esse vasto Mundo fora.

Desses oitenta monumentos, naturais ou construídos pelo homem, e que apaixonaram a repórter, só um é português -o Convento de Cristo. A verdade impõe-se sempre. Há em Portugal alguma tendência, entre os profissionais de informação e de turismo, para secundarizar o Convento de Cristo, preferindo-lhe o Mosteiro de Alcobaça, o da Batalha ou os Jerónimos. Serão mais centrais, mais acessíveis, mas não têm o exotismo, a grandeza nem o encanto da outrora sede da ordem religiosa que liderou os Descobrimentos. Terá sido isso que deslumbrou a visitante francesa.

Sobre a nobre Casa da Ordem, eis o que ela escreve, acompanhando com uma foto do claustro principal:

“Tomar, a cidade mais “toscana” [alusão à região de Florença, a Toscânia italiana, nota do tradutor] de Portugal, devido à tonalidade calorosa das suas velhas pedras à luz do pôr do sol, é conhecida sobretudo pelo soberbo Convento de Cristo. Situado na colina sobranceira à cidade, e rodeado pelas muralhas templárias do século XII, é uma das visitas obrigatórias em Portugal. Um encantamento permanente e um choque arquitectónico.

Os templários ali estiveram durante dois séculos, antes de serem substituídos no século XIV pelos Cavaleiros de Cristo. O convento mostra bem o que foi o esplendor exótico e a riqueza daquela época. Nada menos de sete claustros e um nível jamais atingido antes na exuberância arquitectónica.”

Gostou do que acaba de ler? Já conhece bem o Convento e o Castelo? Uma vez terminada a pandemia, não se esqueça de lá voltar. Há sempre algo mais para ver.

 

(Conforme acaba de constatar quem leu, contrariando aquilo de que me acusam, de “só dizer mal”, também sei louvar, dizer bem, quando há matéria para tanto. Como neste caso feliz.

Pena é que na autarquia continuem a preferir as feiras de turismo, demonstrando assim que ignoram como estas coisas se conseguem. A falta que faz um bom plano local de desenvolvimento turístico!)

                            António Rebelo

 

Avatar of António Rebelo

Escrita por António Rebelo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
Riachos scaled

PJ detém dona de lar ilegal onde morreram duas idosas

bovino agriangus 235720 4285099982299594752 o

Primeiro leilão de bovinos reprodutores em Tomar