DestaqueSociedade

Obras no Fórum feitas às escondidas

Uma vedação alta e a tapar toda a zona do fórum romano, atrás do quartel dos bombeiros de Tomar, impede que os tomarenses acompanhem a evolução da obra numa zona de importância histórica e patrimonial para os tomarenses.

Nesta fase decorrem as escavações arqueológicas, mas todo o trabalho está a ser feito longe dos olhares dos curiosos, sobretudo dos que se interessam pelo património e pela história de Tomar.

Outras autarquias fazem questão que os seus munícipes acompanhem o evoluir das obras e criam janelas de observação, o que não acontece na intervenção no fórum, da responsabilidade da câmara de Tomar.

forum IMG 20210801 081156

Obras no Fórum Romano já começaram

3 comentários

  1. Percebe-se a cautela extrema. Quem está por trás daquilo desde há muitos anos, sabe como mais ninguém que tudo não passa de uma mentira de todo o tamanho. Aquilo nunca foi romano, quanto mais agora um fórum. Uma vigarice histórica, é o que é.
    Vai daí é melhor ir tapando o mais possível. Quando a população acabar por perceber o logro, já é tarde demais.
    Paguem contribuintes! A gamela engana muita gente, quando afinal só é gratuita para quem não está sujeito a IRS e outras taxas.

  2. Ora aqui está uma oportunidade de negócio !
    Os habitantes dos apartamentos bem podiam alugar as varandas por x tempo , a exemplo do que se faz na Festa dos Tabuleiros !
    Ideias !!!

  3. 500.000€ para fazer um barracão que não tem qualquer atratividade para os munícipes ou turistas seja do ponto de vista histórico ou cultural (não existem pavimentos em ladrilho, mármores, NADA). A este valor acresce o já gasto em projetos, estudos.. e custos FUTUROS de exploração e manutenção (vão cobrar bilhete? vai estar fechado todo o ano e abrir no dia 1 de março?)

    Porque não foi utilizado esse dinheiro para reconverter um qualquer edifício em Museu Municipal (Arqueológico)?
    É a inversão total de prioridades – este local (parte do antigo Fórum..) só interessa aos especialistas e depois de ser totalmente inventariado e mapeado, poderia ser aterrado (preservado!) e dar lugar a um espaço público.. por outro lado todo o espólio que foi sendo encontrado ao longo de dezenas de anos, anda perdido não se sabe onde, supõe-se à guarda de várias instituições (IPT, DGPC, etc) e qualquer munícipe passará a sua vida sem os poder ver..
    Mais, as novas gerações (de Tomarenses, caso surjam..) não terão noção do que foi encontrado no concelho e que poderá estar ainda por descobrir, não saberão reconhecer nem dar valor ao património

    E para quem não acredita.. é ver o projecto, disponível aqui (ver em “peças do procedimento”) https://www.base.gov.pt/Base4/pt/detalhe/?type=contratos&id=7538400

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.