DestaqueSociedade

Maternidade de Abrantes fecha um dia por falta de médicos

Entre as 9h00 do dia 29 e as 9h00 do dia 30 de junho, a urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Centro Hospitalar Médio Tejo, em Abrantes, estará encerrada devido a doença súbita de dois profissionais, segundo um comunicado da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

Estando a maternidade encerrada, as grávidas devem dirigir-se ou serão encaminhadas para o hospital de Santarém ou para outras unidades hospitalares da região.

A ARS alerta que poderão existir limitações em algumas unidades hospitalares. Isto significa que alguns hospitais, num determinado período do dia, poderão ativar o desvio de CODU/INEM, um mecanismo utilizado há anos na gestão da procura pelo SNS.

tomardrive banner out. rodape 2020 41 7293055622693185155 n Copia

Os hospitais que, por períodos transitórios, acionam o desvio de CODU mantêm a urgência externa a funcionar, dando resposta a quem lá se dirigir pelos seus meios. Neste caso, garante a ARS, as grávidas transportadas pelo CODU/INEM serão encaminhadas para outras unidades da Região, as quais assegurarão a resposta e o funcionamento em rede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo