DestaqueSociedade

Homem preso por arrancar parte de nariz de GNR em Beja

- Publicidade -

Ficou em prisão preventiva o homem de 33 anos que arrancou parte do nariz de um militar GNR à dentada, na madrugada desta sexta feira, dia 13, em Beja.

Cerca das 3h30 da madrugada de sexta feira, durante uma operação policial de rotina, o cidadão acusou uma taxa de álcool no sangue superior a 1,2 g/litro, sendo levado para o posto territorial da GNR de Beja. Momentos antes de ser submetido ao teste de confirmação, empurrou o polícia e começou a mordê-lo, chegando a arrancar-lhe a ponta do nariz.

O militar da GNR, de 42 anos, foi levado para o hospital de Beja e, mais tarde, transportado para o São José, em Lisboa, para ser submetido a uma intervenção cirúrgica. Outros dois militares também ficaram feridos.

O suspeito é praticante de artes marciais e já tem cadastro por agressões a polícias (foi condenado a pagar 15 mil euros de indemnização a agentes da PSP).

 

- Publicidade -

IMG 20230114 150859 854 1

- Publicidade -

1 comentário

  1. A esse estúpido cruel que cometeu tamanha violenta agressão ao Sr. GNR que estava a desempenhar o seu trabalho, para além de ser preso deverá pagar com o seu património os custos da intervenção cirúrgica a que o Sr. GNR será submetido, bem como, indemnização de dezenas ou centenas de milhares de euros ao Sr. GNR pelo sofrimento e danos provocados à sua saúde. Eu como contribuinte não quero pagar através de impostos a barbaridade cometida por esse animal, não é justo! Que lhe penhorem as contas e lhe hipotequem o património para pagar todos os custos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo