in ,

Confusão no final do julgamento do ex-pastor

Tribunal de Santarém

Foi conturbado o final do julgamento do antigo pastor da Igreja Adventista de Tomar, no dia 19, no tribunal de Santarém, ao ponto de meter polícia e bombeiros.

Depois de a juíza presidente do coletivo anunciar a pena efetiva de sete anos de prisão, começaram os protestos por parte de familiares e testemunhas do arguido dizendo que era tudo mentira.

Após saírem da sala de audiências e numa altura em que os jornalistas estavam a trabalhar a recolher dados, gerou-se uma confusão entre as testemunhas e familiares do arguido e o jornalista do Correio da Manhã e da Rede Regional, a quem acusam de ter tirado fotografias sem autorização dos visados.

José Glória, de Tomar, testemunha do antigo pastor, diz que foi agredido pelo jornalista contra o qual tem intenção de apresentar queixa. Por seu turno, o jornalista diz que reagiu depois de lhe tentarem tirar o equipamento fotográfico.

O seu bloco de apontamentos também foi subtraído pela mulher do arguido e esta terá agredido o jornalista com um chapéu de chuva.

O próprio arguido é suspeito de agredir o advogado da outra parte, a quem partiu os óculos.

Com toda esta confusão, o tribunal foi fechado e chamada a polícia de intervenção bem como os bombeiros para prestar socorro às vítimas.

Os intervenientes foram todos identificados pela polícia e o jornalista acabou por recuperar o seu bloco de apontamentos.

O antigo pastor da Igreja Adventista de Tomar, de 58 anos, foi condenado a sete anos de prisão efetiva por 24 crimes de abuso sexual de criança, crimes que terão ocorrido em Tomar.

A sua advogada anunciou a intenção de recorrer para o Tribunal da Relação.

 

José Glória, testemunha do arguido, diz que foi agredido por um jornalista

Notícia do Correio da Manhã

Pastor pedófilo condenado a sete anos de prisão

Notícia da agência Lusa

Tomar | Ex-pastor adventista condenado a sete anos de prisão por abuso sexual de menor

 

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Passadiço do Agroal já em fase de concurso público

Vídeo motivacional rodado em Tomar venceu prémio em Cannes