DestaqueSociedade

Cidadão substitui-se à câmara

“Foi a isto que a cidade de Tomar chegou, serem os moradores a fazer o trabalho dos empregados do município de Tomar.”. O comentário é de uma moradora da estrada do Barreiro em Tomar a propósito de outro morador que tomou a iniciativa de cortar as ervas no logradouro dos prédios, um espaço público da responsabilidade da câmara.

Carla Mjc partilhou a fotografia no grupo “Tomar, o que faz falta” numa publicação que suscitou debate sobre aquilo que é responsabilidade da autarquia e o voluntarismo do cidadão.

 

1 comentário

  1. E ainda devem ter se ser os mesmos a repor os parques infantis que a câmara acabou que aí existiam, ficando só os pisos de tartan com ferros no meio, enfim… O jardim do mouchao lá tem andado arranjado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo