in ,

Câmara aprova orçamento de quase 38 milhões no último dia

bdr

31 de outubro é a data limite para que as câmaras aprovem os planos e orçamentos para o ano seguinte. E foi no último dia que a câmara de Tomar aprovou por maioria um orçamento de 37.873,823 euros. Os três eleitos do PSD votaram contra.

Para 2020, a câmara aponta como principais obras a conclusão do Centro Escolar da Linhaceira, a continuação das obras na avª Nuno Alvares Pereira e Várzea Grande e o arranque da requalificação da rua Coronel Garcês Teixeira (estrada da Serra).

No documento, refere-se ainda a continuação na aposta na habitação social, a conservação da Igreja de São João Baptista, a recuperação de imóvel no centro histórico destinado à criação da Casa-Museu Maria de Lourdes de Mello e Castro, a reabilitação do Largo de Cem Soldos, a requalificação do Largo 25 de Abril nas Curvaceiras, a criação de um espaço de co-working em instalações municipais, a construção de um novo edifício no espaço do Instituto Politécnico de Tomar, este para empresas de base tecnológica, a criação, em parceria com as juntas de freguesia de Asseiceira e Junceira/Serra, de duas equipas de sapadores, a par da criação de novos pontos de água.

Em 2020 a despesa com pessoal na câmara vai ultrapassar a barreira dos 10 milhões de euros (passa de 9.458.500 para 10.082.970 euros). A câmara argumenta que tal deve-se “ao facto de alguns trabalhadores dos SMAS transitarem para os quadros de pessoal do município, havendo ainda a considerar as reclassificações remuneratórias no quadro de bombeiros municipais”.

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. É um orçamento de faz de conta. Que faz de conta que foi aprovado. E cujas obras nele previstas faz de conta que são úteis e prioritárias. Até os eleitos PSD faz de conta que votaram contra. Porque na realidade até agora sempre se limitaram a fazer de conta que são oposição. Viva a república do faz de conta.
    Quanto ao rigor que sempre se deve exigir nos documentos e nas declarações oficiais, gostei particularmente de mais este exemplo: segundo a presidente, o agravamento da despesa com pessoal resulta de “alguns trabalhadores dos SMAS transitarem para os quadros do pessoal do município…” Quantos? Porquê? Para quê? Até quando? Aprovado por quem? Com que fundamentos?
    Tudo assuntos em que os contribuintes não têm nada que tentar meter o nariz.. Meros detalhes só para iniciados. Matérias só para especialistas encartados.

      • Tal como você que também faz de conta que é educado e afinal, vai-se a ver, não passa de mais um imbecil com afigurações. O problema é que também há imbecis educados, não sendo infelizmente o seu caso, a julgar pelas insanidades que vai escrevendo, no melhor estilo campónio com alguma instrução básica., a querer armar aos cucos.
        Deixe-se de armar ao pingarelho, para agradar aos detentores do poder. Você já não tem idade para entrar na função pública, e carece de gabarito para funcionário de confiança política. Anda portanto a perder tempo e a arranjar inimigos de estimação.
        Palhaços só nos eventos de circo e têm de ser bons.

  2. EMBUSTE
    a consulta do orçamento aprovado em 2018 mostra, apenas, que muitas das inicativas e obras agora aprovadas, em 2019, são apenas uma repetição do que foi aprovado em 2018.
    Quer dizer, pouco foi executado no orçamento de 2019, é tudo “faz de conta” como escreve Franscisco Castro, no post anterior.
    E em 2020, para quando é o orçamento agora aprovado, teremos, provavelmente, mais do mesmo.
    Com quem querem brincar os responsaveis politicos pela autarquia?
    A quem querem chamar imbecis? À Oposlção? Aos cidadãos?
    Que confiança, que respeito, merecem estes ditos responsaveis?
    Para que servem estas reuniões, que são apenas encenações formais?
    Que consideração merecem os eleitos?
    E a Oposição, o PSD, terá alguma coisa para informar a população acerca destas brincadeiras? Terá capacidade e competência para isso? Ou nem isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Tomar nos roteiros de lazer e terapia

Fados na Fonte de D. João