in ,

Tabuleiros na capa do livro “Festas e Romarias”

Os CTT lançaram há poucas semanas um livro dedicado ao tema, “Festas e Romarias”, da autoria de Paulo Mendes Pinto, em que a foto de capa retrata a festa dos Tabuleiros.

Ao mesmo tempo foi lançado um conjunto de peças filatélicas (selos) que também retratam várias festas populares e tradicionais como: Festas de Santo António, um baile popular num dos bairros típicos de Lisboa; as Festas de São João Batista, os festejos na zona da Ribeira, no Porto; as Festas de São Pedro, a tradicional procissão marítima, no Montijo; e a Festa dos Tabuleiros / Festa do Espírito Santo com o desfile na Praça da República, em Tomar. A folha miniatura contempla a procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima; uma imagem da Senhora do Almortão em dia de romaria; uma imagem noturna da celebração das Festas de Nossa Senhora dos Remédios; uma imagem do andor da Mãe Soberana / Senhora da Piedade em dia de romaria, em Loulé; o Círio e Romaria de Nossa Senhora do Cabo; e os Gigantones e Cabeçudos na Praça da República, em Viana do Castelo, nas Festas da Senhora da Agonia.

Segundo a sinopse, “na impossibilidade de fazer o levantamento exaustivo de todos estes eventos em Portugal, o livro regista algumas destas manifestações  com tradição milenar, através de uma análise que ultrapassa o campo da História, por forma a fazer jus à intensidade com que estas festas são vividas e à essencialidade depositada na forma como as populações se deslocam e peregrinam. A edição é bilingue, com tradução de José Manuel Godinho. O design do livro é da responsabilidade de Folk Design tem uma tiragem limitada a 4000 exemplares e um valor e 39€. Contém quatro selos e uma folha miniatura aqui apresentada.

A emissão filatélica é composta por quatro selos com o valor facial de 0,53€ e uma tiragem de 100 000 exemplares cada e uma folha miniatura com seis selos com o valor de 3,18€ e uma tiragem de 45 000 exemplares. O design dos selos esteve a cargo de Folk Design, os selos têm uma dimensão de 40 X 30,6 mm e a folha de 125 X 95 mm.

Paulo Mendes Pinto é diretor da Licenciatura e do Mestrado em Ciência das Religiões na Universidade Lusófona, onde também dirige o Instituto Al-Muhaidib de Estudos Islâmicos.

Mestre em História e Cultura Pré-Clássica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, desenvolve investigação sobre História das Religiões Antigas (mitologia e literaturas comparadas), Historiografia e Teoria da História e Diálogo entre as Religiões, Convívio e Cidadania. Dedica parte dos seus trabalhos a questões sobre a relação entre o Estado e as religiões.

Dirige as entrevistas «Conversas em Religião», onde regularmente se entrevistam importantes personalidades religiosas.

Foi responsável por diversos projetos na área da Ciência das Religiões. É membro do Conselho Consultivo da Associação de Professores de História.

É investigador da Cátedra de Estudos Sefarditas «Alberto Benveniste» da Universidade de Lisboa, onde é responsável pela revista científica Cadernos de Estudos. Colaborador regular do jornal Público, é autor ou coordenador de cerca de três dezenas de livros no campo de mais de uma centena de artigos e revistas especializadas.

Recebeu a Medalha de Ouro de Mérito Académico da Universidade Lusófona em 2013.

Pagela

 

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Assembleia Intermunicipal do Médio Tejo reúne sem público

Bombeiro tomarense ajuda a salvar menina