CulturaDestaque

Nova direção quer dar novo fôlego à coletividade dos Brasões

Paulo Silva, acordeonista e bombeiro, é o novo presidente do Centro de Reunião e Convívio do Povo dos Brasões, na freguesia de Carregueiros, coletividade que organizou neste domingo, dia 12, um almoço convívio que juntou mais de 100 pessoas.

A nova direção está em funções desde março após duas assembleias gerais eleitorais em que não se apresentou qualquer lista. Aliás, a coletividade chegou a estar de portas fechadas após a segunda tentativa de eleição.

“A associação tem pernas para andar”, garante Paulo Silva sublinhando: “sobrevivemos à pandemia graças aos apoios da câmara e da junta de freguesia”. Foram dois anos em que a coletividade não podia organizar eventos para angariação de fundos tendo sempre despesas fixas.

tomardrive banner out. rodape 2020 41 7293055622693185155 n Copia

Este ano, não se realizou o almoço de aniversário que deveria ser no princípio de março, tal como a festa anual que também não se vai realizar dado o momento de transição que a coletividade atravessa.

Para dia 24 de junho está agendada uma sardinhada de S. João e para dia 25 uma caminhada no aqueduto no âmbito do congresso dos engenheiros, com organização da junta de freguesia e do Grupo de Amigos do Aqueduto.

Está a decorrer o Torneio da Amizade em chinquilho, entre as coletividades de Brasões, Carregueiros, Casal da Azinheira, Além da Ribeira e Sabacheira.

brasoes IMG 20220612 141535

APA aplica coima de 24 mil euros

Para dia 15 de junho está convocada uma nova assembleia geral para informar os sócios acerca de um “assunto importante e grave”. Tem a ver com o problema de uma coima aplicada pela Agência Portuguesa do Ambiente no montante superior a 24 mil euros.

O processo remonta a 2016 após uma denúncia sobre um aterro nas traseiras da sede. No local estiveram a GNR e os técnicos da APA que levantaram o auto.

A nova direção da coletividade pensava que o assunto estava “arrumado” quando foram confrontados há poucos dias com uma carta a exigir o pagamento da coima no prazo de 10 dias. Mais uma vez o advogado teve de apresentar um recurso no tribunal.

O Centro dos Brasões é o ponto de encontro da população da aldeia e de localidades vizinhas. Caracteriza-se por um ambiente familiar e acolhedor.

O bar abre durante a semana à hora do almoço para servir cafés (12h30 – 14h30), aos sábados ao fim de tarde e noite e domingos à hora do almoço.

No almoço do dia 12 esteve presente o Presidente da Junta de Carregueiros, Francisco Santos, bem como o Presidente do Centro de Carregueiros, Helder Lourenço, entre outros convidados.

A animar a festa esteve um grupo de músicos de Porto de Mós.

brasoes 1413658 193938760272772787 n

Novos dirigentes

No dia 5 de março realizou-se reunião de assembleia onde foram eleitos novos dirigentes para o biénio 2022/2023:

Direção

Presidente – Paulo Henriques da Silva; Tesoureiro – André Simões Évora; Secretário – Ricardo Manuel Freitas Évora; Vogal – Cláudio Oliveira; Vogal – Marco Freitas

 

Assembleia Geral

Presidente – António Manuel Arsénio; Vice-Presidente – José Carlos Almeida Évora;

Secretário – António Plácido;

 

Conselho Fiscal

Presidente – Agostinho Ferreira Évora; Secretário – António Manuel Almeida Évora;

Vogal – Isabel Cristina Antunes Évora

 

Mais fotos aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo