CulturaDestaque

Descubra as diferenças antes e depois do restauro da janela do Capítulo

- Publicidade -

Cerca de um ano após o início dos trabalhos de restauro da charola e das fachadas e coberturas da igreja e a janela manuelina no Convento de Cristo, a partir deste feriado de 15 de agosto já é possível novamente apreciar a fachada ocidental da nave manuelina.

Retirada a lona e os andaimes, a janela do Capítulo surge agora com outra cor, sem líquenes nem fungos, apenas a pedra trabalhada como era no séc. XVI.

A obra foi entregue à empresa STB -Reabilitação do Património Edificado, Lda, com sede em Mosteiró, Vila do Conde, por 1 milhão e 7 mil euros (com IVA incluído a 6%).

A empreitada abrangeu a igreja manuelina – composta pela Charola e pela Nave – e também a cobertura da Sala dos Cavaleiros.

Em termos gerais, a intervenção contemplou os seguintes trabalhos:
– Conservação e restauro de elementos pétreos das fachadas, portas e janelas e vitrais da Charola e Nave Manuelina;
– Reabilitação das coberturas em telha cerâmica da Charola, Nave Manuelina, Corredor dos Confessionários e Sala dos Cavaleiros.
– Reabilitação de zonas em terraço na envolvente da cobertura da Charola e em pequenos terraços adjacentes na sua envolvente a outras cotas;
– Conservação e restauro da envolvente exterior e interior da Torre Sineira;
– Trabalhos de instalações elétricas, deteção de incêndios e proteção de descargas atmosféricas;
– Acompanhamento arqueológico

- Publicidade -

A empresa STB foi a responsável por obras de recuperação de fachadas e cantarias do Palácio Nacional de Queluz, Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro de Santa-Clara-a-Velha e Igreja Matriz da Atalaia (Vila Nova da Barquinha), por exemplo.



- Publicidade -

9 comentários

  1. está um bocado pálida a janela será da idade? será que a mesma empresa poderia fazer uma limpeza na CMT a começar pelos cachopos eleitos? não sai barato já se percebeu

  2. quando temos uma escola superior com um curso também supeiror em restauro e se vai tão longe para arranjar quem faça este trabalho…esquece muito a quem não sabe (CMT)

  3. Está mais clara, vê -de melhor e pode melhorar o turismo. O que não melhora é a economia tomarense baseada no turismo e nos seus baixos salários e alta flexibilidade de horários. Também não vai travar a emigração dos jovens tomarenses para o litoral onde há outras preocupações e melhores empregos. Mas a maioria dos tomarenses e seus políticos gostam assim

  4. ou eu muito me engano ou esta cachopada eleita com esta limpeza começou a destruição da janela, no claustro ao lado deste onde se situa a janela, em 2018 ( a quando das filmagens de um filme polémico porque causa do fogo utilizado) quando era pendurada a decoração nos pilares de pedra, a volta do claustro ,só com os dedos desfaziam se….agora que a janela está nua será que irá acontecer o mesmo?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo