in ,

Quem são as primeiras vítimas mortais do Coronavírus?

No distrito

Dois homens, um de 95 anos e outro de 68, um de Tomar e outro de Alcanena, são, no distrito, as primeiras vítimas mortais da Covid-19, a doença causada pelo Coronavírus, pandemia que alastra pelo país e pelo mundo.

O homem que morreu hoje no hospital de Tomar já estava internado há alguns dias, primeiro no hospital de Abrantes. Não se sabe onde foi contagiado, se no lar onde estava numa freguesia rural de Tomar, se num dos hospitais.

Manuel Francisco residiu com a família em Carvalhos de Figueiredo e deixou vários filhos. Dado o seu feitio irreverente, nos últimos anos passou por vários lares incluindo o da Santa Casa da Misericórdia de Tomar (Nª Srª da Graça).

O corpo é transportado amanhã pela agência funerária diretamente do hospital de Tomar para o crematório de Leiria, sem velório nem funeral. Também não há folha necrológica.

 

A vítima mortal de Covid-19 no concelho de Alcanena é João de Jesus Carreira, residente na localidade de Casal Saramago, freguesia de Bugalhos. João Carreira tinha 68 anos, era casado e pai de três filhas. A família está de quarentena, em acompanhamento.


Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. “O homem que morreu hoje no hospital de Tomar já estava internado há alguns dias, primeiro no hospital de Abrantes.”
    Ou seja, andou a passear o virus pelo CHMT, o que vale é que quem vai ser testada é a presidente e as suas aias.

    • Estando ele internado já há a algum tempo, diga-me como é que ele o apanhou? De certeza que não foi pelas mudanças de hospital, porque só o transferiram para Abrantes quando o teste do covid-19 deu positivo. Alguém lhe transmitiu.
      Agora dizer que ele andou a passear o vírus, por amor de Deus, pensem bem nas barbaridades que saiem por essas bocas

  2. Não sou de mostrar a minha opinião nas redes sociais, mas tudo tem um limite e vocês e outras entidades de informação andam a falhar pra caraças! Gostava de saber quem foi o inergume que publicou isto!
    Não conhecem o senhor e dizem este comentário “Manuel Francisco residiu com a família em Carvalhos de Figueiredo e deixou vários filhos. Dado o seu feitio irreverente, nos últimos anos passou por vários lares incluindo o da Santa Casa da Misericórdia de Tomar (Nª Srª da Graça).”??
    Todos nós estamos a passar por esta fase na vida e com estes comentários de porcaria, não ajudam. Podiam conhecer o meu bisavô e ele até podia ter um feitio complicado mas nada justifica esse vosso comentário. Querem falar mal dos feitios das pessoas? Olhem primeiro para o que andam a escrever, pensem bem, procurem saber se têm família e repensem se fará bem à família ler isso!
    Já li todo o tipo de comentários, se não sabem do que falam não publiquem. Como se costuma dizer “calados são uns poetas”, acho que deveriam pensar nestas palavrinhas, ficava-vos muitíssimo bem.

Responder a Silvia Alberto Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Mercado municipal passa a abrir só quatro dias por semana

Apelo