in ,

Três árvores classificadas de interesse público em Tomar (c/ fotos)

biblioteca carvalho IMG 20200716 165405

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas acaba de classificar como arvoredo de interesse público três exemplares com centenas de anos e de grande dimensão.

O carvalho situado no jardim da biblioteca municipal de Tomar tem 3.20 m de perímetro na base e 2.78 m de perímetro à altura do peito. Serviu de inspiração para o logótipo da biblioteca e foi-lhe atribuído o nome do biólogo Jorge Paiva.

A iniciativa da classificação desta árvore partiu da Associação Sociocultural e Ambiental – 30POR1LNHA que também solicitou a classificação de um carvalho-cerquinho localizado perto da fonte de S. Miguel, junto à E.N. 113 em Carregueiros, uma árvore com 3.80 m de perímetro na base e 3.50 m de perímetro à altura do peito.

A terceira árvore classificada como de interesse público é uma oliveira, que se supõe seja milenar, existente na Rua da Eira, em Vila Nova, União das freguesias de Serra e Junceira, autarquia que solicitou a classificação. A oliveira apresenta uma grande dimensão para a espécie, com 8.55 m de perímetro na base.

Os despachos de classificação foram publicados no Diário da República do dia 13 de outubro.

 

Despachos de classificação:

Classifica como arvoredo de interesse público um exemplar da espécie Quercus faginea Lam., sito no jardim da Biblioteca Municipal António Cartaxo da Fonseca, em Tomar

carvalho biblioteca

 

Classifica como arvoredo de interesse público um exemplar da espécie Olea europaea L. var. europaea, sito na Rua da Eira, em Vila Nova, concelho de Tomar

oliveira vila nova serra 2017 08 24

})(jQuery);