SociedadeDestaque

Santuário de Fátima recebeu 6,8 milhões de peregrinos em 2023

- Publicidade -

O Santuário de Fátima apresentou esta semana as estatísticas relativas a 2023, ano em que registou um aumento de peregrinos, 6,8 milhões de pessoas no total, mais rendimentos, 21,73 milhões de euros, mas também aumento de gastos, 21,62 milhões de euros.

«O Santuário não existe para dar lucro, se nós conseguirmos em cada ano um saldo neutro é ótimo», salientou o padre Carlos Cabecinhas na apresentação de estatísticas e resultados contabilísticos.

“As contas do santuário, que serão auditadas por entidade externa como é habitual, são estáveis e equilibradas, procuramos sempre a este nível com rigor e equilíbrio garantir que os nossos gastos e investimentos sejam sempre em prol dos peregrinos e naquilo que é a observância das finalidade e objetivos dos santuários”, disse o reitor do Santuário de Fátima no 45.º Encontro de Hoteleiros e responsáveis de Casas Religiosas que Acolhem Peregrinos em Fátima.

O padre Carlos Cabecinhas recordou que o santuário mariano da Cova da Iria “vive dos donativos dos peregrinos”, e se o aumento do número de peregrinos, “mais de 6,8 milhões aqueles que participaram em alguma celebração”, “potencia o crescimento dos donativos e consequentemente dos rendimentos”.

6,8 milhões de peregrinos é um aumento de 39% em relação a 2022 e, comparado com 2019, quando receberam 6,3 milhões, verifica-se um crescimento de 9%. Portanto, estes números entram em linha de conta com o que se registava antes da pandemia.

- Publicidade -

O ano de 2023, acrescentou o sacerdote, no Salão do Bom Pastor do Centro Pastoral Paulo VI, foi um “ano especial, com acontecimentos extraordinários” onde se verificou um “aumento significativo de gastos”, nomeadamente a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa e a visita do Papa Francisco a Fátima que “muito agradaram” e onde se empenharam “intensamente” e “implicaram gastos diretos do Santuário de 1 milhão e 420 mil euros”.

“Os números são de alguma forma provisórios, mas muito próximo daquilo que são os resultados finais: tivemos cerca de 21,73 milhões de rendimentos e gastos nos valores 21,62 milhões de euros. Significa um saldo positivo de cerca de 110 mil euros”, explicou o padre Carlos Cabecinhas, lembrando que os rendimentos de 2022 foram de 18,66 milhões de euros e os gastos de 17,51 milhões de euros.

Em declarações aos jornalistas, no final do encontro com os hoteleiros e responsáveis de casas religiosas, o bispo de Leiria-Fátima, D. José Ornelas, disse que ficava “contente não pelo resultado pequeno” das contas mas “pelo significado daquilo que se gastou e que fez com que se chegasse a esse resultado”.

“Obviamente, gostaríamos que com uma subida dos rendimentos também houvesse uma margem maior, mas este ano tínhamos também assumido que tendo em conta que tínhamos despesas excecionais, extraordinárias, e não repetíveis, a Jornada Mundial da Juventude e gastos diretos que ultrapassaram 1 milhão e 400 mil euros, já esperaríamos um resultado final desta ordem”, indicou, por sua vez, o reitor do santuário.

Segundo o padre Carlos Cabecinhas, havia a possibilidade que o “saldo pudesse ser negativo” e isso não levou-os a “ponderar não investir na Jornada Mundial da Juventude o que foi investido, e explicou que os “gastos diretos incluem o donativo” à JMJ Lisboa 2023, o aluguer de tendas e estruturas para a ‘Aldeia Jovem’, para a sala de imprensa, a exposição em Lisboa durante a Jornada, um filme de animação, bem como a preparação de estruturas e espaços para acolhimento dos jovens e a visita do Papa à Cova da Iria, e a contração de serviços externos, “nomeadamente vigilância para este período”.

“Havia clara consciência de que aqui importava fazer um investimento porque pensamos que é um investimento para o futuro. Muitos dos jovens regressarão a Fátima e são já, nos lugares de origem, difusores de Fátima. Em relação ao exercício este até nos deixa muito tranquilos”, salientou, realçando que o santuário, em cada ano, tenta que haja um “grande equilíbrio entre rendimentos, “fundamentalmente de donativos”, e os gastos.

A Cova da Iria recebeu, no âmbito da JMJ Lisboa 2023, um total de 1 151 287 jovens, 17% do número global de peregrinos, de 68 países e 30 línguas.

Questionado sobre despedimentos, o padre Carlos Cabecinhas recordou que, no ano de 2020, o Santuário de Fátima “teve prejuízos na ordem dos seis milhões e não fez despedimentos”, isso quer dizer que “é uma instituição com grande disponibilidade financeira: O ano passado ainda aquém do número de peregrinos, tivemos um resultado positivo superior a 1 milhão de euros”.

O Santuário não existe para dar lucro, se nós conseguirmos em cada ano um saldo neutro é ótimo. E recordo que este ano tivermos um saldo positivo, não foi uma margem muito grande mas foi um saldo positivo. A questão do despedimento não está minimamente no nosso horizonte, entendemos que a solidez do santuário não faz com que essa questão se ponha para o santuário e para os seus colaboradores.”

Aos participantes do 45.º Encontro de Hoteleiros e responsáveis de Casas Religiosas que Acolhem Peregrinos em Fátima., o reitor explicou que, em 2023, os aspetos que “implicaram maiores gastos” foram 6,74 milhões de euros com pessoal, as depreciações nos 4,24 milhões e Fornecedores e Serviços Externos (FSE) de 4,35 milhões.

Das estatísticas apresentadas destaca-se que o Santuário de Fátima recebeu de forma organizada 4779 grupos: 1161 portugueses e 3618 estrangeiros, pessoas de 94 países, a “maior expressão” os grupos da Europa, a América foi o segundo continente, destacam-se os EUA, o Brasil e o México, e a Ásia em terceiro, com proveniências das Filipinas, Coreia do Sul e Vietname.

A Capelinha das Aparições é o espaço da Cova da Iria onde se concentram mais peregrinos, 3 milhões e 112 mil participantes em 3.652 celebrações; o santuário registou 27 casamentos, 130 batismos e 626 bodas matrimoniais: 288 de prata, 305 de ouro e 33 de diamante.

Em 2023, a 17 de junho, abriram o Centro de Escuta Lúcia de Jesus, que acolheu 734 pessoas nos primeiros meses de funcionamento, divulga o Santuário de Fátima.

Com base na Agência Ecclesia

- Publicidade -

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo