in ,

Rotary Club Tomar Cidade quer “servir a comunidade”

Está formalmente constituído o Rotary Club Tomar Cidade, cerca de 10 anos depois de o Rotary Club de Tomar ter cessado atividade. A entrega da carta constitucional do novo clube e a aposição de emblemas aos membros decorreu na quinta feira, dia 18, na Encosta do Sobral, Serra.

Coube ao presidente do clube, José Ribeiro Mendes, apresentar a nova organização e os seus objetivos, na presença da Governadora do Distrito rotário, Mara Duarte e da presidente da câmara.

“A fundação do Rotary Club Tomar Cidade envolve a consciência de servir a comunidade com dois propósitos claros: contribuir para o conhecimento da presença humana em Tomar e dar especial atenção à água no nosso território, em particular ao rio Nabão e seus afluentes”, começou por dizer José Ribeiro Mendes perante dezenas de pessoas.

A autarca Anabela Freitas felicitou a reativação do clube e mostrou disponibilidade do município para colaborar em “parcerias integradoras e multidisciplinares”.

Intervieram ainda Mara Duarte, Governadora do Distrito 1960, e Mário Rebelo, um dos impulsionadores da reativação do clube, lembrando o espírito rotário e o caráter de serviço que o caracteriza.

O clube renasce com 27 membros representativos e um membro honorário, dos quais seis do género feminino e 22 do masculino.

Os dirigentes são:

Presidente do clube – José Ribeiro Mendes

Vice-presidente – Maria Luísa Oliveira

Secretário – Miguel Rodrigues

Protocolo – Túlia Sá Correia

Tesoureiro – Maria do Carmo Graça

Representação na revista Portugal Rotário – António Alexandre

Representação na Fundação Rotária Portuguesa – Jerónimo Graça

Representação na Rotary Foundation – Paulo Diogo

 

O jantar que se seguiu foi serviço pela Marisqueira de Tomar em parceria com Santos & Seixo Wines, os novos proprietários da Encosta do Sobral.

Escrita por Redação

Comentários

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Câmara cede escola Infante D. Henrique a empresa

Incêndio na Barca Nova mobilizou quase 50 bombeiros