in ,

Presidente da Sociedade da Pedreira esclarece vacinação de dirigentes do lar

À semelhança do que aconteceu na Misericórdia de Tomar, no lar da Pedreira (Raízes do Nabão) também foram vacinados contra a Covid-19 alguns dirigentes da instituição, a par dos funcionários e utentes.

Joaquim Góis, presidente da Sociedade Recreativa e Musical da Pedreira, garante que “foram cumpridas as instruções/recomendações da Autoridade de Saúde, Segurança Social de Santarém e da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade – CNIS e seguidas as diretrizes na definição das pessoas a vacinar”

Foram vacinados os utentes, trabalhadores e membros da Direção “que mais proximamente estão em relação com os utentes”.

A informação sobre o consentimento prévio de cada um foi enviado a 18 de dezembro de 2020, para o Ministério da Saúde com conhecimento da Segurança Social de Santarém, bem como a lista de pessoas a vacinar contendo os seus dados pessoais identificativos com indicação da sua situação de utente, trabalhador ou diretor.

Esta lista, garante Joaquim Góis, foi validada pelo Ministério da Saúde e serviu de base para a vacinação da 1ª dose da vacina ocorrida no Lar Raízes do Nabão em 21 de janeiro.

Covid-19: vacinação do provedor da Misericórdia gera polémica

 

A vacinação do provedor da Misericórdia do Entroncamento é notícia hoje no Correio da Manhã:

Recorte do Correio da Manhã (02-02-2021)

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Santarém: candidatos a bombeiros sapadores só com menos de 25 anos

Tomar finalmente em 1º lugar na região