in ,

Perigo de derrocada mantém-se

Foto captada a 14 de dezembro de 2020

O primeiro alerta foi dado por nós em abril de 2020. A fachada do que resta de uma casa ameaça ruir para a EN110, na localidade de Pintado, freguesia de Casais, no sentido norte-sul. Depois desse primeiro alerta, foi colocado um sinal de perigo e uma fita em frente à referida fachada. Mas oito meses depois, o perigo de derrocada permanece.

“Existe uma casa em ruínas, em que a parede frontal está muito inclinada para a estrada. Mais cedo ou mais tarde irá cair e poderá causar um grave acidente”, alertou uma cidadã em mensagem enviada para tomarnarede.

Fica aqui de novo o alerta às autoridades competentes (sendo esta uma estrada nacional, será a Infraestruturas de Portugal), e ao proprietário do imóvel.

Fomos entretanto informados que esta semana já houve uma primeira intervenção que reduziu o perigo. Ainda bem!

Perigo para peões e automobilistas

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. ” vida cultural e criativa vibrante” é uma frase feita, bem ao gosto tomarense, mas sem relação com a realidade. E, ainda que a tivesse, não evitava a desertificação humana que tem ocorrido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Estátua do infante D. Henrique inaugurada há 60 anos

Revista Visão destaca restauro da igreja da Misericórdia