in ,

Passadiço de madeira sobre o rio Nabão levado pelas águas

Quase todos os anos é assim, como se de um ritual se tratasse. O passadiço de madeira sobre o rio Nabão construído na zona das Lapas, freguesia de Além da Ribeira, foi levado pelas águas do rio Nabão devido ao aumento do caudal.

Este ano, a estrutura ficou presa num dos pilares da ponte do Prado, conforme se pode ver nas imagens em baixo.

A junta de freguesia de Além da Ribeira e Pedreira quase todos os anos, em maio, tem a iniciativa de reconstruir a ponte que é muito utilizada por caminheiros e atletas.

Em anos de pouco chuva, o caudal do rio não atinge a ponte. Mas este ano devido às fortes chuvadas, a estrutura foi pelo rio abaixo. O objetivo da junta é recolher o que resta e aproveitar pelo menos as travessas para a próxima ponte.

Foto de José Fonseca

 

 

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Excelente iniciativa por parte da junta de freguesia de Além da Ribeira e Pedreira, a colocação da ponte.

    Fica a sugestão para tentarem obter fundos (junto do município) para construir uma ponte de peões/ bicicletas sólida em estrutura de aço galvanizado e lacado e eventualmente revestida com madeira tratada para o efeito visual rural/ natureza.

    • Sr. João, se conhecesse a zona não propunha uma alarvidade dessas..
      Primeiro porque uma ponte dessas já existe no Sobreirinho e segundo porque a riqueza (inestimável) das Lapas é a natureza – se quer betão e aço é seguir rumo a sul, até ao Algarve.

      De enaltecer o trabalho fantástico da Junta de Freguesia, sem qualquer apoio, de anualmente criar condições para o contacto com a natureza como os carreiros e o passadiço (mas permitindo no Inverno a sua regeneração, dando ao rio o que é do rio).
      Esperemos que possam fazer mais ainda, mas sem invenções de betão, aço ou mesmo passadiços tipo “Arouca”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Uma tomarense na vice-presidência do Politécnico de Lisboa

Siluro de 19 quilos pescado no rio Tejo