in ,

O fim das caixas solidárias

Aqui estava a primeira caixa solidária de Tomar

Com o início da pandemia surgiram vários movimentos solidários para apoiar as famílias mais atingidas pela crise. Uma desses iniciativas foi a das caixas solidárias que se espalharam um pouco por todo o país.

Chegaram a Tomar em meados de abril com a primeira caixa a ser instalada no espaço exterior do quartel dos bombeiros e outra, colocada pelos escuteiros na Alameda 1 de Março, em frente ao talho “Fernando”.

Se nas primeiras semanas as caixas iam sendo abastecidas e os produtos iam escoando, a pouco e pouco verificou-se que as caixas estavam quase sempre vazias.

O movimento solidário esmoreceu e nas últimas semanas as caixas acabaram por ser retiradas.

Tal não significa que as famílias tenham menos dificuldades. Aliás prova disso é que duplicou o número de pessoas que recebem refeições através do programa alimentar da segurança social. Basta ver a fila que se forma diariamente à hora do almoço em frente aos bombeiros, local onde são distribuídas as refeições.

A caixa que estava na Alameda Um de Março também já foi retirada

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Morador privatiza estacionamento

Estreia do filme “Fátima” adiada mais uma vez