InsólitoSociedade

O “crime” de ficar grávida no séc. XIX

O documento do Governo Civil do Distrito de Santarém data de 30 de abril de 1874 e retrata uma realidade cruel em Tomar, há cerca de 150 anos.

Numa época de pobreza extrema e dado o elevado número de crianças abandonadas, o Governo Civil determina pagar a quem denunciasse as mulheres solteiras ou viúvas que estivessem grávidas. A gratificação era extensiva às pessoas que denunciassem os pais de qualquer criança abandonada.

gravida expostos 7670874975783354368 n

Documento partilhado por Joaquim José Duarte Garrido no facebook

https://www.facebook.com/joaquim.j.garrido/posts/2340619022615185

 

https://www.facebook.com/joaquim.j.garrido/posts/2342073712469716

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo