in ,

O “crime” de ficar grávida no séc. XIX

Uma realidade cruel em Tomar, há cerca de 150 anos.

O documento do Governo Civil do Distrito de Santarém data de 30 de abril de 1874 e retrata uma realidade cruel em Tomar, há cerca de 150 anos.

Numa época de pobreza extrema e dado o elevado número de crianças abandonadas, o Governo Civil determina pagar a quem denunciasse as mulheres solteiras ou viúvas que estivessem grávidas. A gratificação era extensiva às pessoas que denunciassem os pais de qualquer criança abandonada.

Documento partilhado por Joaquim José Duarte Garrido no facebook

O crime de ficar grávida.Ainda os expostos. Este documento é de uma grande crueldade.Bem sabemos que em 30 de Abril…

Publicado por Joaquim José Duarte Garrido em Quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

 

O que vale a vida humana especialmente se a mesma for pobre !Talvez não saiba, ou não queira saber que a RODA DOS…

Publicado por Joaquim José Duarte Garrido em Quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

 

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Câmara de Tomar esconde informações nos contratos públicos

Médico de Tomar acusado de crimes de participação económica em negócio e falsificação