in ,

Número da semana: 37

Photo: iStockphoto

Segundo o Instituto dos Registos e do Notariado (IRN), desde o início do ano e até 17 de abril, foram feitos em Tomar 37 registos de nascimentos.

Os registos dos bebés podem ser feitos em qualquer conservatória à escolha dos pais, independentemente do local de nascimento.

No caso dos bebés registados em Tomar, a maior parte nasce na maternidade do centro hospitalar do Médio Tejo em Abrantes.

Ourém e Abrantes, cidades com praticamente a mesma população de Tomar, têm mais do dobro de registos de nascimentos. Torres Novas também ultrapassa Tomar nesta tabela.

Ficam os dados do IRN referentes aos nascimentos, por concelho, até 17 de abril 2019:

Tomar – 37

Abrantes – 84

Ourém – 82

Torres Novas – 44

Ferreira do Zêzere – 7

Entroncamento – 23

VN Barquinha – 6

Constância – 9

Alcanena – 26

Golegã – 11

Chamusca – 13

Sardoal – 3

Vila de Rei – 5

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. Parabéns ao Tomar na rede! Finalmente lá resolveu começar a fazer comparações com outros concelhos- Donde resulta, neste caso, que Tomar está cada vez mais atrasada em relação a Abrantes, Ourém ou Torres Novas em matéria de natalidade. E sem nascimentos…
    Um lamento: É abusivo escrever que Tomar e Ourém são “cidades com praticamente a mesma população”. Tempos houve em que Tomar teve mais população que Ourém. Sucede contudo que, desde há muito, tem sido sempre a descer por estas bandas. De tal forma que já em 2017, segundo dados oficiais que podem ser consultados em resultadosautárquicas2017.mai.gov.pt, Ourém tinha 42.224 eleitores inscritos e Tomar apenas 34.814. Menos 7.410 eleitores inscritos, é “praticamente a mesma população”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Para quem gosta de caminhadas

Duas noites de fados à escolha