in ,

Não param as reclamações no centro de vacinação

vacin 76543

“Falta de dignidade”, “desprezo”, “uma pouca vergonha”, “incompreensível”, “falta de sensibilidade”, são algumas das críticas feitas ao processo e ao local de vacinação que funciona no pavilhão municipal de Tomar.

Nesta altura estão a ser vacinadas as pessoas com mais de 80 anos e são inúmeros os relatos de situações indignas e desumanas que se vivem ali.

Pessoas com bengalas ou canadianas têm de esperar horas em longas filas, sem condições, até serem atendidas.

A revolta é tanto maior, quando se sabe que o pavilhão Jácome Ratton, onde funcionou inicialmente o centro de vacinação, reunia boas condições para o efeito e só foi desativado por causa dos jogos e treinos de hóquei em patins.

Transcrevemos a seguir o relato publicado no Facebook por uma cidadã que se identifica como Luísa, depoimento partilhado por Ana Ramos.

 

“Pavilhão Municipal de Tomar

Centro de vacinação da gripe e COVID

Teste à Jovialidade, Resiliência e Paciência dos idosos do Concelho de Tomar

Estive ontem (dia 20) no Centro de vacinação no Pavilhão Municipal de Tomar, após convocação por SMS para a toma da vacina da Gripe/3.ª Dose COVID para o meu pai.

Quando lá cheguei estava uma fila com cerca de 30 a 40 pessoas, onde o segurança procurava ordenar a mesma por ordem de marcação.

Assim os senhores que estavam à missa frente como chegaram 1 hora antes da marcação iriam ter de esperar, e ver passar à sua frente todos os outros que chegaram depois mas que tinham hora de marcação anterior.

Após referir a hora da marcação, passei à frente de 8 pessoas e o senhor segurança, uma vez que ainda havia lugares disponíveis para sentar, pediu para subir pelo elevador, o meu pai ficou sentado numa cadeira que havia disponível e eu fui para a fila aguardar a minha/sua vez, pedindo fazer aos que já lá estavam para se ajeitarem, por forma a manterem a distância de segurança, ou seja, alguns dos quais passei à frente tiveram de descer alguns degraus, tudo em prol da boa cidadania.

O mais incompreensível disto tudo é como é que se colocam Centros de vacinação para idosos, em sítios no qual o acesso principal são cerca de 25 degraus até ao primeiro atendimento, só com 4 cadeiras na patamar intermédio e mais 4 cadeiras no patamar superior.

Será que entre as 30 a 50 pessoas que lá juntaram, num espaço de 1 hora, em que lá estive, todas acima dos 80 anos, pois ontem só estavam a chamar para vacinação os Idosos com mais de 80 Anos, não haveria mais de 8 Idosos, ou acompanhantes que se podiam sentar???

E ainda ouvi 1 casal de cidadãos estrangeiros a reclamar entre si, uma vez que acompanhavam 1 idosa de 90 Anos, sim 90 Anos, que eram condições impróprias para qualquer pessoa, quanto mais para a sua familiar, ela indigno tal tratamento a que estavam a sujeitar a idosa.

Neste caso a idosa teve de esperar nas escadas como todos os outros, onde com uma mão segurava-se ao vão da escadaria, para ter algum apoio, e com a outra segurava a bengala que trazia consigo.

E os seus familiares também eles agradeceriam um lugar para se sentar, olhavam um para o outro, indignados e iam-se apoiando nas escadas, vendo a subida e descida das pessoas, e esperando que a sua Idosa chegasse ao primeiro balcão de atendimento.

Após 1 hora de espera, lá me aproximei do balcão de atendimento, logo no cimo das escadas e com pouco espaço ou nenhum entre o balcão de atendimento, pois estavam já fartos de esperar que já não respeitam distâncias estavam literalmente uns em cima dos outros.

Tal era a proximidade entre todos que ouvi por 4 ou 5 vezes o senhor do balcão de atendimento fazer o questionário para a Vacina do Covid:

Se tinha levado vacinas nos últimos 15 dias

Se fazia medicação para a coagulação

Se já tinha sido sujeito a radioterapia ou quimioterapia

se teve alguma reação à primeira ou segunda toma da vacina do Covid….

E por aí adiante

E por sorte!!! a senhora que estava antes de mim, como não compreendia muito bem o porquê daquele questionário, e o que lhe estava a ser perguntado, quando lhe perguntaram se fazia medicação para a coagulação, começou a falar do seu historial clínico, até que finalmente e porque já eu também fiquei a saber da saúde da senhora, o senhor do balcão de atendimento, lá retirou a conclusão que faltava para colocar a cruz no questionário…

E lá chegou à minha vez, do meu pai portanto.

Como era só para a vacina da Gripe, disseram podia logo seguir para o próximo balcão de atendimento, não era preciso mais nada.

1 Hora numa fila, quando não tinha sido preciso lá estar, era logo seguir para o próximo balcão

Mas que organização é esta???

Depois foi muito mais rápido, após ter feito o registo no segundo balcão demorou cerca de 10 minutos até ser administrada a vacina e pudermos vir embora pois não carecia de tempo de recobro.

Estes 10 minutos ainda me permitiram ver o senhor segurança a carregar literalmente uma senhora pelos braços, desde o fundo da fila até ao cimo, cerca de 25 degraus se bem se lembram, pois a senhora não conseguia subir os degraus por ela própria e de a ir instalar numa das cadeiras que tinha ficado disponível lá no cimo das escadas.

E o conforto das cadeiras é tal, que ao colocar a senhora na cadeira, ainda a tentou ajeitar, pois a senhora ficou tombada, puxou-a novamente para trás, mas como as cadeiras são de metal, sem conforto ou apoio, para pessoas com problemas de mobilidade ou atrofias lá ficou a senhora de lado e sem apoio, meio a cair!!!!

Isto é verdade, aconteceu mesmo.

E um último apontamento

Um senhor com mais de 80 anos, foi ontem vacinado com a vacina do Covid e da Gripe a sua esposa com 79 anos não pode ser, pois ontem era só para mais de 80.

A senhora ainda pediu se não podia também ela levar as vacinas, já que ali estava com o marido e evitava ter de lá voltar outra vez.

A resposta que teve, foi que teria de aguardar a mensagem a convocá-la, nada podiam fazer.

Como o seu marido mostrava muita dependência da mulher, e dificuldade em se deslocar, estou a imaginar que quando chegar o dia da senhora levar as vacinas, que o seu marido terá de ir com ela, pois com pelo menos 1 hora de espera até ao primeiro balcão de atendimento, responder ao questionário, ir até ao segundo balcão de atendimento, tomar as vacinas e fazer meia hora de recobro, por causa da vacina do Covid, nunca estará despachada antes de 2 horas.

Tempo demasiado para que o seu marido fique sozinho!!!

Os cuidados de saúde são devidos a todos, mas um pouco de dignidade, na forma como são tratados os idosos ou os necessitados também se deve pensar.

Com estruturas em Tomar e mesmo no próprio Concelho, porquê obrigar os IDOSOS do Concelho a estes sacrifícios.

Porque não manter a vacinação da gripe nos Centros de Saúde do Concelho, onde existem melhores meios de acesso, são recebidos por quem conhecem (médico e enfermeiros de sempre), na privacidade dos seus problemas de saúde e o Centro de Vacinação Covid num local ou estrutura com melhores condições e mais adequado.

Desculpem o desabafo, mas a falta de dignidade e desprezo que assisti ontem obrigam a fazer denúncia do que se passou ontem

Luísa

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. Está tudo dito.
    Será que os responsáveis locais por esta fase de vacinação selectiva lêem estes comentários ?
    Porquê no 1º andar e não no piso 0 ?
    Porque não continuou no Pav. Jácome Ratton, permitindo ao Sporting de Tomar a utilização do Pavilhão Municipal, como vinha acontecendo ?
    À população é devido respeito e explicações, sem favor nenhum, por obrigação cívica e legal.

  2. No comentário anterior, afirmava : está tudo dito.
    Agora, depois de ter passado, eu próprio, pela experiência, só posso exclamar : Lamentável, INACREDITÁVEL !
    Na passada 5ª feira, convocado pela Autoridade de Saúde, mandaram-me comparecer no Pavilhão Municipal de Tomar (galeria, diga-se) às 13,58 h (o preciosismo do minuto 58 e não qualquer outro, induzia o utente a pensar estar perante um prodígio de organização).
    PURO ENGANO !
    Logo à entrada, percebi que estaria perante um caos. Minutos depois, percebi que nenhum familiar dos responsáveis da CMT ou da DGS teria passado por ali.
    As marcações e tudo o resto eram um “faz de conta”.
    Para além de não se observar o menor respeito pelos idosos em geral, em particular pelos muitos com doenças graves – motoras e do foro mental.
    Entretanto, percebo que estou perante uma anarquia em que todos reclamavam e se queixavam – utentes, médica, enfermeiras, auxiliares e administrativos.
    E não ninguém a orientar os trabalhos, ninguém !
    Tínhamos 3 situações em simultâneo : marcações (mentira !) ; casa aberta para 3ª dose Covid 19, com ou sem vacina da gripe, completamente à balda, sem qualquer controle (apercebi-me de uma senhora com menos de 65 anos que ia para levar a 1ª dose da vacina Covid 19 ; casa aberta só para vacina da gripe, como se o Centro de Vacinação fosse o serviço de vacinação do centro de saúde respectivo.
    Mediante isto, e ao fim de mais hora e meia de espera, tentei falar com o responsável do CV. Não havia. Auto-gestão/anarquia puras.
    Interroguei-me : mas isto é verdade ou estou com um pesadelo ?
    INCRÍVEL, mas era verdade.
    Eu, como muitas dezenas ou até centenas de cidadãos tivemos de esperar em pé, parado, durante quase 3 horas. Tendo hora rigorosa marcada. Olhem se não tivesse.
    Cheguei lá eram 13:40 h e saí de lá às 16:35 h.
    Agora, que acabei de ler que ninguém garante o almoço a toda a equipa, fiquei estarrecido.
    A senhora Presidente da Câmara de Tomar ainda não se apercebeu das semanas de lamentos dos utentes ??
    NÃO ACREDITO !
    Deve explicações urgentes aos Tomarenses !
    E acabar com o caos e o sofrimento dos idosos.

    NOTA : Enquanto tudo isto decorria na galeria acanhada da galeria, no piso térreo, no amplo Pavilhão Municipal, uma dúzia de jovens espreguiçavam-se no solo e meditavam. E nós, os velhotes, cá em cima, sem rei, nem ró.

    Vão-se lixar !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
IMG 4118

Câmara de Tomar ausente na Gala do Vinho

bombeiros incêndio

Incêndio já dominado na quinta dos Pegões