in ,

Moda dos letreiros com nomes das terras chegou a Tomar

Tomar IMG 20210730 161102

Depois dos passadiços e dos baloiços, chegou a vez da moda dos letreiros com nomes das terras chegar a Tomar.

A câmara mandou instalar no dia 30 na Várzea Grande junto ao tribunal, um letreiro tridimensional de grandes dimensões com o nome da cidade.

A peça foi executada pela empresa Ready Solutions, de Tomar, e custou 7.865,85 euros através de um ajuste direto com a empresa.

Também esta semana, a mesma empresa ofereceu à junta de Asseiceira um letreiro com o nome Santa Cita, que está colocado no novo largo central da localidade.







Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. A “estratégia templária ” no seu melhor…
    Muito original e em especial baratinho !!!
    Já depois do ” baloiço” , dos passadiços podem fazer mais uma iniciativa original e com direito a doutoramentos em turismo.
    Coloquem cadeados na ponte do Mouchão e fitinhas!!
    Cambada de saloios!!

  2. Mariquices atrás de mariquices, Tomar vai ficando cada vez mais saloia. Esbanjar dinheiro tornou-se uma forma de viver. Depois da fonte cibernética – até vinham gentes do Algarve para a ver- conforme dizia o edil da época, assistimos agora a um semear de imbecil idades demonstrativa da mentalidadezinha de beco que nos caracteriza.
    Ao mesmo tempo que assistimos ao desfilar de custos com diarreias mentais, a estrada municipal que liga o cruzamento dos Cochões ao fundo de São Pedro está no estado de degradação tal que não adjectivos que a descrevam…há décadas. Mas isso não interessa. Ninguém a vê a não ser os desgraçados que a percorrem diariamente. Está escondida entre olivais, canaviais e franjas de arvoredo. Não tem visibilidade. Não dá votos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
eleicoes be BeFunky collage

Candidaturas entregam listas para as eleições autárquicas no tribunal

necrologia

Necrologia