in ,

Marcelo quer ir no cortejo dos Tabuleiros

Já se sabia que o Presidente da República tinha manifestado interesse em assistir ao cortejo da Festa dos Tabuleiros no dia 7 de julho. Agora sabe-se que Marcelo Rebelo de Sousa pretende acompanhar e integrar o cortejo dos Tabuleiros, o que está a causar algum incómodo à comissão da festa.

A presença de Marcelo no cortejo iria desviar as atenções do essencial, isto para não falar da corrida às selfies que também poderia perturbar o desfile.

Outro imbróglio que a comissão tem de resolver é que também está prevista a vinda do Primeiro Ministro à festa, sendo certo que António Costa e Marcelo não devem participar no mesmo dia, pelo que não será de excluir a hipótese de um deles vir ao cortejo dos Rapazes e outro ao cortejo principal.

 

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. goste-se ou não o interesse do PR e PM é um bom sinal.Aprovo. Contudo a participação no cortejo…não claro por 21 motivos mais 7 …pelo menos!!

  2. Como eu compreendo o Senhor Presidente Marcelo! Com o pretexto de cumprir a tradição, o cortejo dos tabuleiros que já foi outrora outra coisa, é agora na prática apenas um espetáculo. Grandioso, é certo, porém apenas um espetáculo, para ver e nele ser visto. Nada portanto mais natural que a iniciativa do Senhor Presidente, que pretende integrar o desfile, posto que de afetos e espetáculos sabe ele mais do que ninguém.
    Creio contudo poder afirmar que não será muito difícil convencer o primeiro de todos nós a limitar-se a assistir à Bênção, após ter cumprimentado as portadoras e os seus acompanhantes, num percurso entre os tabuleiros poisados na Praça da República, a que Sua Excelência preside, com todo o mérito até agora.
    Oxalá a Comissão Central e a Mordoma saibam conduzir as coisas nesse sentido, porque qualquer outra solução seria lamentável.

  3. A comissão da festa que bata a bola baixinho e não se sinta muito incomodada. Bem vistas as coisas, até se pode considerar sortuda. Os seus integrantes que pensem um bocadinho no que lhes poderia acontecer. Por exemplo a vinda dos dirigentes da União Europeia, uma vez que, em última instância, Bruxelas é que paga os tabuleiros, financiando outros projetos de onde a autarquia tira legalmente o dinheiro que aloca à festa. E mesmo assim, há por aí cada vez mais carências a necessitar de investimentos urgentes…

  4. Que dois comentários mais diferentes, O Sr. Manuel vem com um discurso bonito, bem estruturado e diplomático, e por baixo o “Sr.” Jaime que abre logo com o discurso típico de labrego ressabiado sem mais nada para dizer. Ups é melhor bater a bola baixinha, ou o Jaime ainda me vem atacar :s
    Que contraste ^^

    • Topa-se que o Sr. Artur Santos tem dificuldades com a língua materna, ou idioma pátrio, se preferir. Abreviando razões: “Interpreta o que lê com muita dificuldade”, para usar linguagem docente e decente.
      Imagine, caro conterrâneo (?) Artur Santos, que o autor do comentário incriminado por si, poderá ser tudo; labrego não é de certeza.. E tem até muita coisa para dizer… entalada na garganta, devido ao contexto tomarense.
      Saudações amigas,

  5. Tudo devidamente ponderado em duplicado, considero que o sr. Santos está bastante enganado. Ou estou a ver mal, ou os senhores Manuel Azambuja e Jaime Pontes podem muito bem ser pseudónimos da mesma pessoa. Se assim for, apoiar o comentário do primeiro e criticar severamente o do 2º, dispensa mais considerações sobre o nível cultural geral desta terra.
    Mas posso estar enganado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Bárbara Norton de Matos sensual nas águas de Castelo do Bode

Ele correu 102 kms em 13 horas e venceu o Trail Serra da Estrela