SociedadeDestaque

Lixo e ervas junto a hotéis

- Publicidade -

“Isto está assim todos os dias. Ninguém passa para limpar nada”. O desabafo é de uma moradora e refere-se às ervas que crescem nos passeios e ao lixo que se acumula nos contentores, neste caso no parque Santa Iria, a dois passos do hotel Vila Galé e do Boutique hotel, em Tomar.

Para os turistas que ficam alojados nestas unidades hoteleiras, convenhamos que não é o melhor cartão de visita.

lixo unnamed

- Publicidade -

5 comentários

  1. Talvez a senhora moradora possa ela mesma remover as ervas? Que tanto a incomodam. Ou será pedir muito a sua excelência para que cuide da sua zona?

    1. Os moradores não têm obrigação de limpar espaços do domínio público. Tarefa da CMT, que tem primado pela negligência no que toca às suas competências/ obrigações. Costuma limpar a merda dos cães no local onde mora ?

      1. Sim, costumo limpar a área aqui em redor tanto de ervas, como de dejecto dos cães, papéis, plásticos , cigarros, resíduos que caem das árvores em certas alturas do ano.
        De vez em quando passam aqui funcionários que fazem limpezas, só que não passam vezes suficientes para se manter sempre limpo ao longo da semana toda.
        Por isso sugeri algo que eu mesmo faço.
        Podem só reclamar ou fazer a vossa parte, eu tento fazer a minha parte.

  2. Se há lixo no chão é porque tomarenses ou turistas pouco civilizados o fazem. Também por pressão dos ambientalistas – os mesmos que festejaram o fim das fábricas em Tomar por causa da poluição – foi proibido o uso de quimicos que limitam o crescimento de ervas. Continua a mentalidade servil de agradar ao turista.

  3. vão atrás das finanças tirar fotos aos caixotes dos lixos vazios no entanto cheios de lixo por fora dos restaurantes com os seus sacos do lixo de 100L, que depois os gatos e cães vádios se encarregam de os rasgar e espalhar .

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo