in ,

Lixo e ervas acumulam-se junto ao pavilhão Jácome Ratton

bty

Há algumas zonas de Tomar por onde não passam os serviços camarários. O exemplo que apresentamos é da escadaria junto ao pavilhão Jácome Ratton e ao bairro da Caixa. A erva cresce e o lixo acumula-se sem que a Câmara atue.

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. Vale sempre a pena “bater no ceguinho”. Quanto mais não seja por causa do dito popular “água mole em pedra dura, tanto dá até que fura”.
    Mas em Tomar é cada vez mais arriscado criticar os detentores do que resta do poder local. Percebe-se que assim aconteça. A população vai diminuindo, mas os funcionários municipais vão aumentando. Não os que trabalham. Os que estão sentados frente aos computadores. Algo semelhante ao que se passa agora no exército português. Diz a informação de âmbito nacional que há mais sargentos e oficiais que soldados.
    Como na câmara, onde há chefes de divisão sem pessoal para dirigir. Jardineiros? Varredores? Carpinteiros? Electricistas? Pedreiros? Onde isso já vai…

    • Em que se baseia para fazer tal afirmação? Tem acesso a informação por enquanto vedada aos contribuintes comuns? Ou está só a presumir?
      Faça-me o favor de não resvalar para o insulto, como é seu hábito. Estou apenas a pedir-lhe implicitamente informação suplementar, caso a tenha.

    • Não é só o lixo. Fantasia, comedoria, demagogia e hipocrisia também têm quartel general em Tomar…desde que o outro foi para Coimbra e depois acabou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Agenda desportiva para o fim de semana

Miguel Relvas no Brasil para lançar livro sobre reforma administrativa