SociedadeDestaque

Homem detido pela PJ por falsificar cartas de condução

- Publicidade -

Um homem de Santarém foi detido hoje pela Polícia Judiciária por liderar um esquema de falsas cartas de condução.

O indivíduo é suspeito da prática de “32 crimes de falsificação de documento agravada, 14 crimes de tráfico de influência, 12 crimes de burla qualificada e três crimes de condução ilegal”, segundo o comunicado do DCIAP – Departamento Central de Investigação e Ação Penal.

A investigação apurou que o homem, a troco de dinheiro, fornecia cartas de condução falsas e fazia crer aos compradores que utilizava contactos no Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) para registar essas cartas no sistema informático como se fossem verdadeiras.

Além disso, o arguido anunciava também ter contactos no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que lhe permitiam auxiliar estrangeiros a legalizarem a sua situação em território nacional, recebendo, em contrapartida, pagamentos em dinheiro.

Veio-se a descobrir que o homem não tinha qualquer conhecimento no IMT nem no SEF. Mas para manter o esquema, terá mesmo chegado a fazer passar-se por inspetor do SEF em contactos com estrangeiros.

- Publicidade -

No decurso das investigações, foram ainda detidos outros quatro arguidos em flagrante delito, por posse de documentos falsificados e detenção de arma proibida.

 

Comunicado do DCIAP

Comunicado da PJ

 

- Publicidade -

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo