in ,

Foto do dia

As estatísticas mostram que em Portugal há muitos anos que não morria tanta gente. Em 2020 morreram mais de 123 mil pessoas em Portugal. É o valor mais elevado de óbitos desde a sistematização de dados, na década de 1960, revela o jornal Público. O Jornal de Notícias, acrescenta que este é o número mais elevado de mortes no país dos últimos cem anos, desde que foram registadas cerca de 154 mil mortes, em 1920, ano em que a gripe espanhola atingiu o pico.

Até que ponto este excesso de mortes está diretamente ligado à Covid-19 é a questão a que os especialistas procuram responder.

Segundo o JN, os dados atualizados ao final de novembro apontam para mais de nove mil óbitos em excesso, dos quais 49% foram causados pela Covid-19.

Por cá, não temos dados concelhios nem distritais, mas pelo que nos é dado perceber pelas colunas necrológicas dos jornais, o número de óbitos tem aumentado nos últimos meses. Olhando também para as vitrinas das agências funerárias, temos a perceção de que há mais gente a morrer. Aguardemos pelas estatísticas oficiais, mas até lá, protejam-se!

 

Nota: A foto foi captada no dia 5 de fevereiro de 2021

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Morrem as pessoas com Covid-19, e as pessoas com outras doenças que não são cuidadas pela atenção quase unicamente dada às pessoas infectadas com o vírus SARS-CoV-2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Mais uma taxa do lixo começa a ser paga este mês

Erva invade caminho pedonal da estrada das Algarvias