in ,

Feira de Santa Iria vai ter fortes implicações no trânsito

Feira de Santa Iria

Com a Feira de Santa Iria à porta (18 a 27 de outubro), já foi publicado o edital camarário com as restrições na circulação e estacionamento em Tomar.

Circulação e estacionamento proibido nos seguintes parques e locais:

– Parque de estacionamento localizado a norte do Mercado (frente ao Centro de Emprego/Bombeiros) entre as 00h00 do dia 14 e as 24h00 do dia 30 de outubro.

– Na Rua Carlos Campeão, entre a entrada lateral do Quartel dos Bombeiros e o Parque de Estacionamento na zona traseira do Cemitério de Santa Maria no período compreendido entre as 00H00 do dia 15 e as 24H00 do dia 29 de outubro.

– Parque de estacionamento do Mercado Municipal, entre as 16h00 do dia 11 e as 14h00 do dia 31 de outubro.

– Parque da Igreja de Santa Maria dos Olivais (junto à ponte pedonal do Flecheiro) nos dias 18 e 25 de outubro no período compreendido entre as 00h00 e as 16h00.

– Parque da Rua do Rio Nabão (margem direita do rio) entre as 00h00 do dia 16 e as 16h00 do dia 18 e as 00h00 do dia 23 e as 16h00 do dia 25 de outubro.

– Parque de Santa Iria (zona de estacionamento junto ao rio) entre as 00h00 do dia 14 e as 24h00 do dia 29 de outubro.

– No sentido descendente no troço entre a rotunda da estrada do Barreiro e a rotunda da estrada da Serra (vulgo rotunda do Modelo/Continente) e respetivas bolsas de estacionamento às 2ª, 4ª e 6ª feiras no horário compreendido entre as 17.00 horas e as 22.00 horas, no período de 14 a 31 de outubro de 2019.

– Circulação e estacionamento condicionado nas restantes zonas de estacionamento do Parque de Santa Iria entre as 00h00 do dia 17 e as 08h00 do dia 21 de outubro e as 00h00 do dia 24 e as 08h00 do dia 28 do respetivo mês.

Ficará ainda condicionado o trânsito no dia 20 de outubro (dia de Santa fria), das 09h00 às 12h00m, nas seguintes artérias: Ruas de acesso à Praça da República; Rua Infantaria 15; Avenida Cândido Madureira; Rotunda Alves Redol Rua Everard Ponte Velha — local de lançamento de flores ao rio Nabão Parte final da Rua Marquês de Pombal

Só será permitida a entrada de veículos, para efeito de abastecimentos, na zona a que se referem os presentes condicionamentos de trânsito, no período compreendido entre as 07.00H e as 08.30H, salvaguardadas as devidas exceções.

Em virtude de se proceder à continuação das montagens das infraestruturas necessárias à realização de mais uma edição da Feira de Santa Iria, a levar a efeito no período compreendido entre o dia 18 e 27 de outubro, fica proibido o estacionamento pela seguinte forma: Parque frente aos Bombeiros/ Centro Emprego dia 07 de outubro no período compreendido entre as 07h00 e as 13h00.

 

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. É de ficar de boca aberta.
    Proíbe-se o trânsito e o estacionamento em várias artérias e parques de estacionamentos citadinos, durante um largo período, nalguns casos mais de uma semana. E quais são as alternativas? Dobrar o carrito com cuidado, e levá-lo com cuidado para debaixo da cama? Quem precisa mesmo do veículo para se deslocar, designadamente para ir trabalhar, como é que se vai desenrascar? Estaciona no Entroncamento e depois vai de transporte público?
    Havia uma solução radical, caso os tomarenses não fossem tão pacatos. Era estacionarem os carros todos na Praça da República (incluindo o tabuleiro central) na Corredoura, e assim, até que a Exma Câmara que temos anunciasse parques alternativos praticáveis. Mas como somos assim, do tipo deixa andar, vamos sempre de mal a pior.

  2. Realmente a autarquia só parece ter como objetivo expulsar os carros da ainda cidade. Esquecem a receita gerada pelos automóveis ( nacional e autárquica). Esquecem que devido a política de solos e falta de trabalho por aqui, muitos tem que se deslocar, muitas vezes sem transporte público ou sem horários adequados. Solução: transporte privado.

    • O que espanta e chega até a incomodar alguns, sobretudo quando não são de Tomar nem cá residem , é a pachorrenta passividade da população em geral.
      O tempo vai passando, os erros da actual maioria vão-se acumulando, e estão à vista de todos, mas os eleitores continuam mudos e quedos. Adormecidos pelo paleio demagógico? Se calhar nem isso.
      Por este caminho, não me admirava nada se, com mais uns erros de envergadura, a Dª Anabela acabasse por vencer de novo em Outubro 2021. Afinal, os porcos também pensam na bolota, e bolota vai havendo felizmente, apesar de cada vez pesar mais no orçamento municipal. Já vai nos 55%, segundo a própria presidente em declarações recentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Assembleia Municipal: sessão extraordinária sobre educação já marcada

Três anos depois, projeto do orçamento participativo avança