in ,

Família exige 40 mil euros de indemnização por troca de sepulturas

No cemitério de Marmelais em Tomar

Entre os cerca de 50 processos judiciais que a câmara de Tomar tem em tribunal, a maior parte dos quais como ré, há um caso relativo a troca de sepulturas no cemitério de Marmelais em Tomar. O processo remonta a 2016 e corre termos no Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria.

Uma família descobriu que alguém foi sepultado erradamente no mesmo covato onde estava sepultado um familiar seu e por isso pede pelo menos 40 mil euros de indemnização. Exige-se ainda exames periciais de ADN, para identificação cabal dos restos mortais que estão sepultados em primeiro lugar.

O registo da inumação foi efetuado incorretamente no ficheiro de dados dos cemitérios municipais e que culminou com a associação de um alvará à sepultura errada. Devido a este erro foi mais tarde autorizada uma inumação em sepultura já concessionada e que, por isso, não deveria estar disponível.

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Congresso da Sopa já não atrai as multidões de outros tempos

Cineclube exibe filme chinês