SociedadeDestaque

Como é que a PSP encontrou o menor desaparecido?

Em menos de 24 horas, a PSP conseguiu localizar o jovem de 17 anos que estava desaparecido desde terça feira, dia 18, em Santarém.

Logo que soube do desaparecimento de João Miguel Coelho Montês, de 17 anos, a família contactou a PSP e lançou apelos nas redes sociais. Nesse dia o jovem não foi à escola (Liceu Sá da Bandeira) e não dava sinal de vida, mantendo-se incontactável.

Em comunicado, a PSP explica como conseguiu localizar o menor, que foi encontrado no terminal de transporte rodoviário em Coimbra:

“A Polícia de Segurança Pública (PSP) informa que ontem, pelas 15H00, apurou o paradeiro de um menor que havia sido dado como desaparecido pela respetiva família no dia 18, pelas 19H00.

O jovem, de 17 anos de idade, tinha-se dirigido à escola, na cidade de Santarém, não tendo regressado no horário habitual. A família de imediato contactou o estabelecimento escolar, tendo recolhido informação sobre a sua ausência à totalidade da atividade letiva.

Perante este cenário, a família contactou de imediato a PSP, opção que se revelou fundamental para apurar o seu paradeiro e garantir o regresso ao contexto familiar em menos de 24H.

Com a informação disponibilizada pela família sobre os hábitos do jovem, locais preferidos para praticar desporto e passear, a PSP desencadeou uma vasta operação de busca e deteção que se estendeu à totalidade da cidade de Santarém, praias dos concelhos de Peniche e Nazaré e cidade de Coimbra, entre outros locais.

Foi neste último local que, no terminal de transporte rodoviário, os nossos Polícias detetaram o jovem assim que este chegou num transporte público.

O jovem encontra-se bem de saúde e já se encontra com a família, encontrando-se a motivação deste comportamento sob investigação.

Tratando-se de um menor, os factos foram comunicados à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Santarém.

A Polícia de Segurança Pública enaltece o contacto imediato que a família realizou, assim como a precisão da informação disponibilizada sobre a indumentária do jovem, hábitos e preferências, atitude que se revelou fundamental para a capacidade da PSP e, rapidamente delimitar a região mais provável de destino do jovem e consequente deteção e regresso ao contexto familiar”.

Apelo: jovem desaparecido em Santarém *(Atualização)

1 comentário

  1. Sempre achei importante um professor comunicar a ausência da criança na primeira hora de aulas, principalmente quando não há um aviso prévio de que vai faltar….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.