in ,

Cerimónia templária em Tomar (c/ fotos)

templarios 670A9550 Fotor 2

A Ordem Soberana Militar do Templo de Jerusalém, organização que pretende perpetuar e praticar os ideais dos cavaleiros Templários, realizou no dia 16 uma cerimónia – o XXXI Capítulo Nacional do GPP – Grande Priorado de Portugal da OSMTH -, na Igreja de São Francisco, em Tomar.

Foram instalados cinco novos Comendadores e dois novos Grandes Conselheiros entre outras atividades, conforme nos dá conta a organização através de um comunicado que a seguir transcrevemos:

“No passado dia 16 de Outubro, pelas 17:00 horas, na Igreja de São Francisco, na cidade de Tomar, teve lugar o XXXI Capítulo Nacional do GPP – Grande Priorado de Portugal da OSMTH – Ordo Supremus Militaris Templi Hierosolymitani que, entre outros assuntos de relevo, instalou cinco novos Comendadores na sequência dos actos eleitorais que tiveram lugar nas respectivas comendas: Frederico Miguel Correia Fialho, Comendador da Comenda da Cardiga; João Manuel de Ascensão Belém, Comendador da Comenda de Castelo Branco; Luís Manuel de Vasconcelos da Costa e Castro, Comendador da Comenda de Sintra; Luís Alberto dos Santos Lopes, Comendador da Comenda de Cascais e Lídio Manuel Coelho de Neto Lopes, Comendador da Comenda de Lisboa. Foram também instalados dois novos Grandes Conselheiros do Conselho Nacional do Grande Priorado de Portugal da Soberana Ordem Militar do Templo de Jerusalém, Adelino Lourenço Gomes (Comendador da Comenda de Tomar) e Luís Manuel de Vasconcelos da Costa e Castro (Comendador da Comenda de Sintra).

Neste Capítulo Nacional do GPP foi recompensada da Comenda de Lisboa, com Testemunho de Satisfação, pela sua acção empenhada e beneficente que contribuiu para o prestígio e engrandecimento da Ordem. Em dois momentos particularmente marcantes deste capítulo nacional e no quadro de uma assembleia de Irmãos que preencheu os lugares da Igreja de São Francisco em tomar, teve lugar uma homenagem, muito sentida e emocionada, ao saudoso Cavaleiro Templário Oliveira Pereira, através da leitura de dois dos seus textos, recentemente editados em livro pelo Grande Priorado e uma recolha de fundos para a Secular Ordem de São Francisco em Tomar.

O Capítulo em referência que se realizou no cumprimento de todas as normas de saúde e segurança face às condições pandémicas que ainda vivemos, foi enquadramento oportuno para o Grão-Prior, Fernando Castelo Branco, efectuar um balanço sobre a actividade realizada e indicar caminhos de futuro, referindo, em particular, o seguinte: “Não existe cavalaria e muito menos cavalaria templária, sem este sentimento de partilha e de serviço, que cada um de nós deve colocar à disposição das suas Irmãs e Irmãos e mais, à disposição de qualquer pessoa que possa necessitar… A via do Templo é, acima de tudo, um caminho de lealdade, compromisso e serviço.”

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. Ótimas notícias. É assim que o desenvolvimento e o progresso hão-de garantir o bom futuro de Tomar.

  2. .
    Tá com piada!

    Dantes, no meu tempo, era o Super-homem. No tempo dos meus filhos em pequeninos, antes de começarem a ver o Morangos com açúcar, era mais PÒkemones; entretanto, perdi-lhes o rasto.
    Tem havido muitas fantasias.
    Há por aí maçonarias.
    E agora brinca-se a esta coisa dos Templários.
    Não é que venha dali mal ao mundo.
    Eu até gostava de ver. Olhar aqueles senhores que na vida real até podem ser de alguma respeitabilidade, a vê-los dizer aquelas coisas e a ordenarem-se uns aos outros, tudo isto sem se rirem!
    É um fenómeno psicológico e sociológico interessante, esta necessidade de representação.
    As paradas gay ljtbxptomc=e2, são muito mais autênticas.
    (alguns destes devem ir às duas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
apelo IMG 20211024 2007431

Apelo

bairro 7890

Família espera há três anos por obras da câmara