in ,

Centro de saúde: problema na central telefónica está “identificado há vários anos”

No início do mês demos conta de um problema com os contactos telefónicos com o centro de saúde de Tomar, na Nabância, onde funciona também a Unidade de Saúde Familiar de Santa Maria.

Agora, a propósito das medidas de prevenção, os responsáveis da Unidade de Saúde admitem que o problema na central telefónica está “identificado há vários anos”. Estranha-se e é incompreensível que num serviço de saúde um problema destes esteja “identificado há vários anos” e ninguém procure resolvê-lo.

Em comunicado, a equipa da USF Santa Maria informa: “caso necessite de nos contactar, pode utilizar o telefone – Tomar: 249 329 720, Ferreira do Zêzere: 249 360 090. Contudo, dado o problema que temos com a central telefónica identificado há vários anos, agradecemos que privilegie o email institucional: ;

Existe também outro email:

Dado o surto a nível mundial de infeção pelo novo coronavírus (COVID-19), o centro de saúde tomou algumas medidas, “de acordo com as recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS) e entidades superiores, para garantir o melhor para todos nós e respetivas famílias”.

Os responsáveis recomendam “que apenas se dirija ao centro de saúde em casos estritamente necessários e urgentes e que siga as medidas recomendadas pela Direção Geral de Saúde. Site oficial da DGS que pode consultar com informações oficiais: https://covid19.min-saude.pt/

Ninguém atende o telefone no centro de saúde de Tomar

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Por tanto: incompetência há vários anos.

    As centrais telefónicas podem ser uma dor de cabeça enorme meter a funcionar correctamente! Mas pelo menos que ligassem a linha directamente a um telefone e mesmo que só atendesse uma pessoa naquele telefone pelo menos poderia dar informações… até arranjarem a central telefónica iria desenrascando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Filas nos supermercados e farmácias (c/ fotos)

Mata dos Sete Montes encerrada pelo menos até 9 de abril