in ,

Centro de dia da Venda Nova faz peditório porta a porta (c/ vídeo)

Em grandes dificuldades financeiras, agravadas pela pandemia, o Centro de Dia da Associação Cultural e Recreativa da Venda Nova, na freguesia de Casais, em Tomar, teve de recorrer a um peditório porta a porta para sobreviver.

A instituição presta apoio a mais de 70 idosos e emprega 16 funcionárias, tendo diariamente na rua seis viaturas.

Antes da pandemia, a instituição promovia festas de verão e outras iniciativas que eram fontes de receita. Os eventos estão proibidos e o centro de dia está fechado desde 16 de março, o que provocou um rombo na tesouraria da IPSS.

No peditório participam também autarcas da junta de freguesia solidários com a iniciativa.

A TVI esteve por cá em reportagem:

Instituição social de Tomar anda a pedir apoios para evitar rutura financeira

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Tejo Ambiente em Tomar: clientes obrigados a esperar à torreira do sol

Covid-19: sobe para 123 o número de casos em Tomar