in ,

Carvalho da biblioteca vai chamar-se Jorge Paiva

Junto à biblioteca municipal de Tomar existe um carvalho português (Quercus faginea) centenário que vai passar a ter o nome do biólogo Jorge Paiva.

A proposta partiu da Associação Sociocultural e Ambiental 3OPOR1LINHA, em parceria com a Escola Secundária Santa Maria do Olival e vai ser aprovada na reunião de câmara do dia 20.

Todos os anos em novembro, o professor Jorge Paiva vem a Tomar para realizar o evento “Biodiversidade – Jantar Lusitano” que começa com uma palestra na biblioteca seguindo-se um jantar no Liceu em que os ingredientes são todos biológicos e pouco usados na cozinha moderna. É assim desde há 16 anos para cá.

Professor jubilado da Universidade de Coimbra, Jorge Paiva, é biólogo, investigador e grande ativista em defesa do meio ambiente. É especialista em botânica e incansável divulgador de ciência, com trabalhos publicados em áreas como a filotaxonomia, a palinologia, a biodiversidade e o ambiente.

Investigador principal na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, onde lecionou várias disciplinas, Jorge Paiva [Angola, 17.09.1933] foi também professor convidado na Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra e nas universidades de Aveiro, da Madeira, Vasco da Gama (Coimbra) e Vigo (Espanha). A sua atividade científica e em defesa do meio ambiente foi já distinguida com vários prémios. Alguma da sua atividade mais empenhada e em contínuo ao longo de toda a sua vida académica e científica passa exatamente pelas comunicações e conferências proferidas em inúmeros congressos, mas, sobretudo, na sua iniciativa incansável de levar ações pedagógicas a todo o país e para todos os públicos.

 

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Hoje há jazz no Mouchão

Estátuas e música animam noite de sábado