in ,

Câmara retém verbas para os bombeiros

Quando a maior parte das corporações de bombeiros já receberam o dinheiro referente ao trabalho das ECINs – Equipas de Combate a Incêndios do mês de outubro, a câmara de Tomar ainda não pagou aos bombeiros.

A denúncia que nos chegou é que a câmara retém o dinheiro que devia ser entregue aos bombeiros das ECINs e que por sua vez já chegou com atraso à câmara de Tomar.

Estes atrasos têm-se repetido, mas nesta altura os bombeiros de Tomar que integraram aquelas equipas especiais não compreendem o atraso da câmara uma vez as verbas transferidas pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil já deram entrada nos cofres da autarquia.

“Tomar na Rede” pediu esclarecimentos à câmara sobre este problema que publicaremos assim que obtivermos resposta.

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. O Sr. Pompeu está ocupado na “arrecadação” do ATL, lugar onde se “destila” contra tudo e contra todos quantos com ele não concordem.
    Há pois é bebê.

  2. Não tem nada que saber. Chama-se gestão no fio da navalha. Na verdade a autarquia não reteve a verba transferida pelo governo. Gastou-a noutras áreas e agora está sem tesouraria disponível para poder honrar os seus compromissos com os briosos bombeiros municipais.
    Não é nada bom sinal, lá isso não. Mas que fazer? Conforme já escreveu um ex-membro da actual maioria: -Votaram nela, não foi? Então agora queixam-se de quê?

  3. É tudo uma questão de prioridades. A da actual maioria são os votos em Outubro 2021. E devem pensar que festanças, comezainas, passeatas, pareceres jurídicos, ajustes directos e realojamentos calés vão render mais votos que os dos bombeiros municipais. É a velha luta pela vida…

  4. Estavam à espera de quê? Quem com ferros mata, com ferros morre. O ex-chefe de gabinete deixou-vos aí 10 bicicletas, salvo erro. Aproveitem e vão dar uma volta pelos arredores, nesta altura em que felizmente há menos incêndios. Não adianta queixar-se porque a maioria PS tem-se mostrado cada vez mais surda e muda. Vão olhando para os sucessivos casos de poluição do rio. A srª já disse algo de novo? Já revelou finalmente os resultados finais sobre a origem e tipo dos coliformes fecais detectados nas amostras examinadas? Tratando-se de um caso de saúde pública, vocês já protestaram? Quem cala consente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Santarém: é hoje o funeral do jovem que morreu esfaqueado

Politécnico de Tomar em grave situação financeira