in ,

Câmara: novo site, a mesma (falta de) informação

A câmara de Tomar estreou há poucos dias um novo site (www.cm-tomar.pt). A imagem é nova, mas os conteúdos são os mesmos, ou seja, apenas mudou a roupagem.

Continuam a existir graves lacunas quanto a informação que a câmara de Tomar deveria disponibilizar, o que faz dela a autarquia menos transparente da região do Médio Tejo e do distrito de Santarém. Quem o diz são os Índices de Transparência Municipal publicados pela organização Transparência e Integridade.

Basta comparar o site da câmara de Tomar com outras autarquias à volta para perceber que há muito informação escondida, além da sistemática falta de atualização de dados (por exemplo, a informação sobre o IMI e a derrama referem-se a 2018, ainda não foi publicado o orçamento para 2020, etc.)

Alguns exemplos de informações que a câmara de Tomar não revela e outras publicam:

– Relatórios trimestrais da atividade do município distribuídos na Assembleia Municipal

– Abonos e nota biográfica/CV dos membros do Executivo

– Publicação dos endereços eletrónicos dos membros do Executivo

– Declaração patrimonial e registo de interesses dos membros do Executivo

– Publicação do abono de despesas de representação dos membros do Executivo

– Composição do “staff” da presidência e respetivas remunerações

– Publicação da lista dos membros dos gabinetes da presidência e dos vereadores em regime de permanência e respetivas remunerações

– Relatório de observância do direito de oposição.

 

Tomar no lote dos municípios menos transparentes do país

 

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Concordo com o conteúdo da notícia, que apenas reforça aquilo que já sabemos há muito. A maioria PS considera-se acima de qualquer crítica, de qualquer reparo, ou de qualquer sugestão. Dispensam qualquer colaboração dos impuros cidadãos que não votaram bem. Ou seja, na nossa senhora do Nabão, que para alguns tem sido a nossa senhora do não vão. O que explica tanta abstenção.
    Concordo ainda assim com o título, com o pequeno acrescento. Tomar espera por si. Não espere nada de Tomar.

  2. Aquela página de TV Online, (via menu “Serviços”), continuam a utilizar o Adobe Flash que nenhum browser actualizado tem activo de origem, e que é imensamente difícil de activar, e que em Dezembro deste ano vai ser removido de todos os browser de forma permanente. Para quando em HTML5?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Apelo* (atualização)

Escadinhas a precisar de limpeza