in ,

Câmara de Tomar não tem livro de reclamações eletrónico

O site da câmara de Tomar não apresenta o livro de reclamações eletrónico que é obrigatório por lei, sendo das poucas autarquias incumpridoras.

O Livro de Reclamações Eletrónico, que tem a mesma validade que o livro de reclamações em papel, deve ser divulgado nos sites dos fornecedores de bens e prestadores de serviços, mas apesar dessa obrigatoriedade, a câmara de Tomar não cumpre. Apenas os SMAS dispõem dessa ferramenta.

Outras autarquias, como a vizinha Torres Novas, colocam em local bem visível a existência do Livro de Reclamações online (ver imagem em baixo).

O site da câmara de Tomar é dos mais pobres dos municípios da região. Ferramentas simples como a pesquisa interna no site não funcionam. Por exemplo experimente pesquisar “reclamações” ou “regulamento” e a resposta vai ser “Nenhum resultado encontrado”.

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. A TV da câmara municipal exige o “Flash” que os browsers já tornam quase impossível de utilizar! Em vez de já terem mudado para HTML5 por exemplo que é suportado de forma nativa em todos os browsers modernos e actuais.

    A indicação do livro de reclamações não aparece no web site da câmara municipal assim como não aparece na maioria dos outros web sites dos municípios, menos ainda em local bem visível em todas as páginas. No Sardoal, meteram a indicação na parte do serviços; na Sertã tem que se ir aos serviços online para encontrar a indicação; em Torres Novas, aparece lá naquela parte a passar imagens, mas de forma fixa e permanente não parece ter em lado algum, menos ainda de forma visível. Os restantes municípios ou não têm, ou não se consegue encontrar facilmente tal indicação.

  2. Caro José Gaio, como não dá para verificar “à cabeça” quais as entidades que tem livro de reclamações, decidi avançar com uma reclamação no Livro de Reclamações Online e chegar ao ponto em que temos de citar a entidade na qual vamos fazer reclamação e confirma-se, que em Tomar (Localidade), existem 371 entidades, algumas já encerradas, como uma agência de viagens que existiu ali para os lados da Corredoura, mas dessas entidades todas, nenhuma delas é o Município de Tomar ou a Câmara Municipal de Tomar e com o nif 506738914 também não aparece.

  3. Meus caros, a razão pela qual esta Câmara Municipal assim como diversas (a maioria) Entidades Públicas não terem o denominado Livro de Reclamações Electrónico, é muito simples, a Lei é para os Outros cumprirem (entidades privadas) e não o fazem também para não estar a sobrecarregar os sistemas informáticos (que estão pelas costuras), não vá acontecer o mesmo a eles que aconteceu á operadora Nos durante o dia de ontem. Sistema em Off

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Polícia multa carros mal estacionados no centro histórico

Ramo de árvore cai em cima de caminheira na estrada do Convento