in ,

Bombeiros de Tomar que estiveram em Moçambique já regressaram

Paulo Silva e José Lopes, os dois bombeiros da corporação de Tomar que estiveram em missão humanitária em Moçambique, regressaram hoje a Tomar.

Depois de 10 dias a apoiar as vítimas do ciclone Idai, a força conjunta portuguesa, que assistiu perto de 20 mil pessoas, chegou hoje pelas 8.40 horas a Lisboa.

Os dois bombeiros de Tomar integravam uma equipa de cerca de 70 elementos da missão humanitária do Estado português.

Em Moçambique ficaram ainda 36 elementos e equipamento de apoio.

 

Força conjunta portuguesa regressa após apoiar 20 mil pessoas em Moçambique

 

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Olh’ó radar

Costa Marques é o novo presidente da assembleia geral do CIRE