Sociedade

Prédios ao lado da antiga sede do Sporting de Tomar foram demolidos

Artigo corrigido e atualizado

- Publicidade -

Dois prédios, que estavam degradados, situados na av. Combatentes da Grande Guerra, em Tomar, foram demolidos esta semana para dar lugar a um prédio destinado a habitação coletiva e comércio.

No prédio ao lado funcionou há décadas a sede do Sporting Clube de Tomar e o Grande Hotel.

A obra está a cargo da empresa Cartizel, de Ferreira do Zêzere e o alvará em nome de VRN – Construções Unipessoal, Lda.

A área total de construção é de 2.208 m2, com 4.545 m3 de volumetria de construção e cinco pisos acima da cota de soleira.

Dezembro de 2025 é o prazo previsto para a conclusão das obras.

- Publicidade -

No rés-do-chão do prédio funcionou até março de 2020 a loja de produtos para animais Anizoo.

Nota: este artigo foi corrigido e atualizado

- Publicidade -

3 comentários

  1. A loja de animais e relacionados funcionou no espaço do stand de automóveis. O edifício onde funcionou a sede do Sporting de Tomar é o que está ao lado, onde antigamente funcionou o Grand Hotel. O prédio agora demolido teve a funcionar uma loja/armazém de artigos electricos do sr. Duarte, irmão do outro Duarte que teve uma loja do mesmo ramo na rua que desce para a ponte velha, que agora é a Tien21. O espaço agora demolido também incluía um a garagem pertencente à Aral.

    …se a memória não me engana!

    1. Que confusão! São dois os prédios demolidos. No maior, pintado de amarelo, funcionou a serralharia do Caetano, que pertencia ultimamente ao deputado municipal Américo Costa, na qualidade de herdeiro do seu falecido pai. O outro, mais pequeno, foi ultimamente um estabelecimento de material elétrico, encerrado há anos, e fora em tempos a ARTOPA, do falecido Augusto Gonçalves. Nenhuma relação com a ex-sede do Sporting de Tomar, a não ser a proximidade, uma vez que que foi no prédio ao lado, o Grande Hotel, de 1937, mais tarde Colégio Nuno Álvares, antes da construção das instalações além da ponte.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo