in ,

Acesso ao açude de pedra fechado há 15 anos

Completam-se este mês 15 anos desde que os tomarenses deixaram de poder usufruir de um espaço de lazer que era o açude de pedra ou açude da fábrica.

Em agosto de 2004, o dono do terreno e da quinta da Granja decidiu colocar um portão e pedras a tapar o caminho de acesso à zona que funcionava como praia fluvial, zona de pesca e espaço de lazer.

Ficam as memórias…

Desde 2013 o açude está classificado como património público.

 

Açude de Pedra visto do alto

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. É mais uma consequência da ignorância que reina na cidade e no concelho. Os eleitos não sabem nem procuram informar-se sobre o que está para trás. O aviso diz que se trata de propriedade privada. É falso. O acesso, e portanto o próprio local em que está afixado o cartão, é público porque sempre foi, uma vez que permite o acesso ao rio, cujas margens também são públicas.
    Caso os tomarenses continuem a votar em ignorantes, chegará a altura em que até algumas ruas passarão ser privadas. As liberdades fundamentais não são algo adquirido para sempre. Tem de se lutar por elas. Mas com autarcas alérgicos ao conhecimento e à crítica, não é fácil. Por isso estamos cada vez melhor. Para alguns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Misericórdia admite enfermeiro

Ourém: despiste de moto 4 provoca um morto