DestaqueSociedade

Padre da Barquinha está há seis anos na zona mais pobre e perigosa de Moçambique

Chama-se Ricardo Marques, tem 43 anos, nasceu na Moita do Norte, Vila Nova da Barquinha, e é pároco desde 2015 na paróquia de Maria Auxiliadora, a maior na cidade de Pemba, na província de Cabo Delgado em Moçambique.

Já tinha 28 anos quando entrou para o seminário na Sociedade Missionária da Boa Nova. Antes disso formou-se em informática e foi professor durante oito anos.

Por acreditar que poderia fazer a diferença em África, aceitou ir para uma das zonas mais pobres e perigosas de Moçambique. A onda de violência na região de Pemba, atingida por insurgentes do autoproclamado ‘Estado Islâmico’, provocou mais de 3 mil mortos e mais de 800 mil deslocados.

“Todos os dias são um exercício constante de sobrevivência”, diz o padre em entrevista ao jornal i.

 

Ricardo Marques, padre em Pemba, Cabo Delgado. “Continuamos a sentir um ambiente de insegurança total”

 

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.