in ,

PS faz acordo com CDS para gerir junta urbana

augusto barros ps 4550656425165765 n 2
Augusto Barros (PS) e João Martins (CDS-PP)

Sem maioria na Assembleia de freguesia urbana de Tomar (S. João Baptista e Santa Maria dos Olivais), o PS fez um acordo com o CDS-PP que garante a João Martins, único eleito pela coligação CDS-PP.MPT.PPM, o lugar de secretário na junta de freguesia.

O executivo da freguesia fica constituído por Augusto Barros (PS), Presidente, José Maria Marques (PS), tesoureiro, João Martins (CDS-PP), secretário, Joana Nunes (PS) e Sara Costa (PS), vogais.

Na votação para a constituição do executivo, houve sete votos a favor (PS+CDS) e seis em branco (PSD e Chega).

Quanto à mesa da assembleia de freguesia, ficou constituída apenas por eleitos do PS: Celeste Sousa (presidente), Tavares Martins (1º secretário) e Ana Marmelo (2ª secretária).

Celeste Sousa (PS) recolheu 7 votos a favor, 5 contra e 1 em branco, enquanto o candidato do PSD, Joaquim Palricas teve 5 votos a favor, 7 contra e 1 em branco.

Esta votação repetiu-se para o lugar de 1º secretário, em que o candidato do PSD era Cristina Alves Brito, e para 2º secretário, em que António Ferreirinha era o candidato do PSD.

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. Ah!
    A Geringonça à Tomarense!
    Afinal, o CDS…enfim, o desejo de protagonismo do snr. Martins, é superior à realidade das coisas.
    Ou então, o CDS tenta, em desespero, a sobrevivência a uma morte anunciada.
    Enfim, pouco ou nada a esperar de mais esta brincadeira.

    • Este acordo com o PS e dada a muito provável continuação da decadência económica do Concelho de Tomar e a respectiva deslocação de pessoas para outros concelhos, este foi mais um tiro no pé dado pelo CDS e pelo seu candidato nº 1 à junta urbana.

  2. Má decisão do CDS local, que procura protagonismo a todo o custo. Mas agora andarem a vender a ideia de que a culpa é do CDS é de uma hipocrisia total. A culpa é dos tomarenses, que com palas de metro nos olhos, voltaram a eleger a incompetência para a junta urbana. A culpa é mesmo dos eleitores, que usam a teoria do ”os outros são todos piores” para perpetuarem a incompetência e o compadrio nos órgãos autárquicos. Na CMT é igual, todos se queixam, mas quando podem escolher entre uma dúzia de candidatos, são todos piores e vale mais ficar como está, não volte a aparecer o engenheiro por ai outra vez 10 anos depois. No Governo igual e por aí fora…

  3. Os tomarenses sempre a dizer mal..
    Todos sabem que o programa do PS para a Junta Urbana de Tomar é quase igual ao do CDS , por isso não se entende a admiração de unirem esforços para o bem da classe politica que está no caminho certo.
    Quando o presidente de CDS veio a Tomar , e note-se que foi o único lider de um partido politico que cá veio, elogiar as estrelas em ascensão quase esquecendo o candidato à Câmara , como ele depois emendou o Eng. VIANA, ouvimos a apresentação do programa eleitoral .
    Tomar já vê os amanhãs radiantes a cantar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
clara e

Clara de Sousa e Pedro Abrunhosa em encontro da CGD no Convento de Cristo

simoes 4

Morreu antigo jogador do U. Tomar e do Benfica