in ,

Debandada geral de dirigentes no Partido Aliança

Primeiro foi o cabeça de lista do Partido Aliança pelo distrito, Rui Paulo Sousa, e esta semana foram os coordenadores distrital e concelhios a pedir a demissão. Não param as demissões no partido liderado por Santana Lopes depois do fraco resultado nas eleições legislativas de outubro.

Esta semana, Nuno Ribeiro demitiu-se de todos os cargos que ocupava no Partido Aliança: Coordenador Distrital de Santarém, Senador e membro do Conselho Estratégico. Num post publicado no Facebook diz que a demissão “surge em sequência de demasiados erros” a que foi assistindo.

Com ele saíram também os coordenadores concelhios de Tomar (Nuno Godinho), Nuno Sousa (Ourém), Pedro Gonçalves (Ferreira do Zêzere) e Chamusca (Catarina Cruz).

Rui Paulo Sousa, que encabeçou a lista do Aliança por Santarém e era também presidente da concelhia de Santarém demitiu-se poucos dias depois das eleições, pelos maus resultados conseguidos e devido a divergências internas.

Desde então, o ex-dirigente e ex-candidato tem apoiado o partido Chega e o movimento Zero, tendo participado na manifestação dos polícias em Lisboa.

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Alviobeira: a rondar por aí

Vento forte destrói telhado da associação dos Casais