in ,

Poluição no rio Nabão: a denúncia de um cidadão

Venho por este modo denunciar, uma vez mais, a grave situação ambiental que ocorre no rio Nabão.

O mesmo, é sistematicamente alvo de descargas poluentes advindas a montante da cidade de Tomar, as quais, provocam um elevado impacto no rio e sua fauna, na qualidade de vida dos cidadãos e na economia virada para o turismo.

A situação repete-se vezes sem conta, não há responsáveis, apenas inércia política e ambiental.

                                                               Miguel Duarte

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Apetece-me dizer vergonha!
    Chega deste tipo de crimes ambientais passarem a ser coisas normais e sem haver punições severas aos culpados!
    Tomar e os nabantinos não merecem este tipo de ocorrências.

    • Coimas mais pesadas para todos as empresas que fazem estas descargas ilegais. Péssimo cartão de visita a quem passa pela cidade templária, e não só os tomarenses, mas ninguém merece que tais situações continuem a ocorrer e ninguém faz nada. Esta realidade acontece pelo nosso país fora.

  2. Mais lamentável ainda, mais repugnante, é concluir que, uns, os autores da poluição, desprezam a população, em particular os habitantes de Tomar; e outros, que são eleitos e pagos, ou recebem, para nos representar e para defender nossos interesses, pouco ou nada fazem. Governantes e Deputados. Posam para fotografia e emitem discursos ocos de substancia.
    Há cerca de 20 anos que isto se repete. É demais!

  3. Permita-me questionar a Redação do [email protected] do seguinte;

    Já alguma vez esta Redação ou alguém de Tomar fez chegar estes crimes ambientais a algum Jornal ou Televisão Nacional ?

    Porque não será por aqui (penso Eu) que a Câmara ou alguma entidade, se sinta forçada para fazer o que quer que seja, para parar com estes crimes ambientais.

    No meu entender, terá que ser denunciado isto a nível da Comunicação Social Nacional.

Responder a Carlos Marques Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Revista Visão destaca restauro da igreja da Misericórdia

Cáritas distribui brinquedos a famílias carenciadas