in ,

Futuro “Bairro Calé” causa expetativa e já provoca críticas

Opinião

bairro ciganos IMG 2831

Ao que se ouve por aí, o futuro “Bairro Calé”, oficialmente “Centro de acolhimento temporário para famílias de etnia cigana”, é aguardado com alguma expetativa e já causa celeuma. Dizem os maledicentes do costume que alojamentos novos, com energia solar e churrasqueira, tudo à custa dos contribuintes, para futuros ocupantes que em geral não pagam impostos, é um manifesto exagero.

Acrescentam que, tendo em conta experiências noutras cidades, aquilo não vai durar muito tempo, e no final será a autarquia a pagar as reparações, a água e a luz. Logo veremos se assim é, sendo verdade que o passado não é nada animador.

Entretanto, de acordo com declarações de fonte geralmente bem informada, um dos membros proeminentes da comunidade cigana local, ligado ao clã do falecido patriarca Sebastião Pascoal, já disse que não vão aceitar a mudança, “porque as casas são pequenas”. Percebe-se. Aquela gente tem sempre muita mobília, entre outras coisas. Ou seja: tanto esforço camarário, se calhar para nada. Ou será apenas para comprar votos?

Enquanto aguardamos o desfecho do processo, aqui vão duas fotos recentes. Uma mostra o novo conjunto habitacional. A outra tende a provar que afinal os ciganos não são em geral tão coitadinhos como se pensa. Oito antenas parabólicas, da MEO e da NOS, para 5 famílias, nem na zona rica da cidade, quanto mais agora num acampamento degradado.

                                                                                             Jaime Pontes

bairro ciganos IMG 2833 casas familias ciganas IMG 20190607 100200

})(jQuery);